quarta-feira, janeiro 14, 2009

Melbourne 11/Jan - A piscina

Hoje fomos almoçar a um restuarante vegetariano. Ali em Saint Kilda, como que Carcavelos em Melbourne, mas uma beca mais perto.
A vista sobre a baía é fantástica e a comidinha nada má, não senhor. E até marchou mais um suminho de maçã verde!



Como disse, estávamos num restaurante vegetariano... E tinham por lá uns cartazes muito giros, sem sombra de dúvida.





Eu bem que gostava de ser vegetariano. E digo-o seriamente... Mas com a minha necessidade louca por proteínas, não consigo passar sem a bela da xixa... Enfim... Fico-me pelas boas intenções!

Mas cá estou eu junto à praia.



Uma bela praia, onde se chega de eléctrico da cidade. Daí ser tão concorrida.

Fomos ao café em Fitzroy, uma outra zona da cidade, em eclética e alternativa.



Eu não bebi nada, que o meu estomâgo não estava lá muito bom... Deve ter sido, não do restaurante vegetariano, mas sim das batatas fritas que comi no dia anterior... Eu sei que não posso comer muitas, mas estava lá com uma larica!

Bem, a coisa lá melhorou enquanto íamos a caminho da casa do pai do John... E assim que lá chegámos...


Fomos logo para a piscina. Apesar de o dia estar já a terminar, ainda estava quente e uma piscina ali à nossa espera é sempre uma piscina à nossa espera e não há como lhe resistir!

Tal como eu não resisti ao Oscar!


E topem-me bem a televisão tamanho gigante lá de casa!


E até têm uma pequena mesa de bilhar!!! E ainda consegui ganhar à Hanae!


Mas eu acho que o melhor da noite foi uma pequena performance in promptu da Clarissa... A miúda sabe o que faz!



Que bom!

E cá estamos numa foto de família. Da direita para a esquerda: O John, a Clarissa, moi même, a Tina, a Oriana, o John (pai) e o primo Mattia.

2 comentários:

Cor do Sol disse...

Tu estás morenaço. E nós aqui a gelar de frio. =)

Sair das Palavras disse...

Convenhamos que um restaurante vega com aquela publicidade a nao comer carne, também quase dá vontade de sair de lá... ;)

Um veg é-o porque acha mal comer animais ou por uma questão de filosofia ou porque simplesmente acha mais saudável? That's it... Acho que eles exageram na publicidade... For veg's sake ;)

Mas olha que, ao contrário de ti, nao desespero pelo vegetarianismo. Conheço uma piquena ;) que era veg MESMO, e meia druída, encontros místicos de Sintra (aquilo tem um nome... damn... nao é druída... nao me lembro agora... que eu por acaso até acho piada, penso que começa por w...)... ah got it: wicka! E ao fim de uns anos sem um pedacinho de carnuxa, ficou com uma quase tuebrculose pulmonar e o medico disse-lhe que ou "injectava doses industriais de carne" ou ficava com a tuberculose controlada.

Agora está gorda e anafada, embora vá perdendo um ou outro quilo e tentando voltar ao normal.

Moral da história: para tanta volta e problema mais vale ser-se como somos com a chichinha e AFINS, e uma certa racionalidade na frequ~encia dessas comezainas, don't you agree? ;)

A praia... Ah... Até que enfim... Nao gosto de praia (gosto do mar) mas Austrália associa-se também às praias, aos longos corais, recifes e surfistas louros...

A televisão, o plasma, o LCD, é huuuuge... For tv's sake... Terá sido por isso que os japoneses ficaram com os olhos em bico? Em vez de terem ficado mais abertos, fecharam ;)