quarta-feira, julho 22, 2009

Comensais

Hoje estou assim um bocadinho ranhosinho... Estou cansado e depois há uma série de pequenas coisas que me andam a dar trabalho... A última aconteceu hoje, logo de manhã... A embaixada de Portugal informou-me sobre o facto de não me poder emitir um novo certificado para as minhas duas últimas caixas com as minhas cenas... É que só podem emitir um! Mas esqueceram-se de me dizer. Enfim, não há nada a fazer - apesar de algumas sugestões da embaixada que, e não me canso de o dizer, é excelente! - e as caixas hão-de seguir caminho e vamos todos rezar aos deuses do panteão para que não me cobrem nada na alfândega...
E depois há gente que não se sabe comportar no trabalho, gente que fala demais, as regras do costume, as minhas pilhas que são suposto recarregar mas nunca passam de um certo nível e mais não sei quê...

Apesar de estar cada vez mais parecido com uma baleia fora de água, a verdade é que não sou grande apreciador de comida. Como porque tem que ser. A não ser que a mamã faça lulas recheadas e aí muda tudo de figura.
Mas este post é sobretudo acerca de comida e coisas à volta da mesma.

Na segunda feira, dia do mar e, por isso, feriado nestas terras, a Minami-sensei levou três de nós a almoçar. A um restaurante francês, que nós somos assim, bem. Trés chic.
Lá fomos debaixo de uma chuva impediosa até Beppu.

O Tomek baralhou-se logo com o talheres ao comer esta maravilhosa quiche.


Estes canadianos são muito limitados da cabeça. Deve ser de comerem tanta foca.


O Javi também lá esteve e até se portou muito bem, sim senhor.


A maravilhosa Minami-sensei. Uma mulher que admiro. Está sempre bem, diz o que pensa, luta pelo que quer, muda o que pode, é bem disposta e divertida!


Eu mesmo a comer sopinha da boa. Só lhe faltava uns pevides ou cotovelinhos.


E, por fim, um valente bifalhão. Bem bom.


O nosso almoço foi óptimo.

Na terça à noite passei, com o Tomek, pela festa de final do primeiro período de Kaku. Falámos imenso, rimos ainda mais e o Tomek bebeu que se fartou, que esta gente é sempre a abrir.


Os manos Shingo e Angelo.


O restaurante era muito giro e a comida, que cheguei a provar, estava bem boa, sim senhor!





Ele com os copos é demais!


E nem sabem as vezes que tivemos que tirar esta foto para apanharmos toda a gente de olhos abertos!















O Nakashima-sensei, à direita, disse-me que não teria sido capaz de dar as suas aulas de inglês sem mim e agradeceu-me imenso. Isso deixou-me no céu, porque ver o meu trabalho reconhecido é das melhores coisas que me podem fazer!








Num jogo de jaken, o jogo mais extraordinário alguma vez inventado! Resolve toda e qualquer disputa, sem problemas e sem hipótese de recurso!



Foi óptimo poder estar com aquela gente fantástica. E, para muitos deles, foi o último sayonara. E muitos abraços recebi eu.

Depois da passagem pela festarola, fomos até ao PEI, para poder ver a Danielle uma última vez, antes de ela pegar na pouchette e voltar para a América.


Cá estou eu com a minha Danielle, coisa mai' linda.


Enquanto decorria um jogo de poker... Coisa que nem sei jogar, mas também não me faz muita falta...


E a Aimi, uma ex aluna minha.



Hoje, quarta feira, jantei com a Atsuko e o irmão. E ela deu-me uma bonequinha que ela mesma fez! E disse-me eu nunca coso! O que quer dizer que fez a bonequinha de propósito para mim! Querem melhor?



O okonomiyaki soube-me muito bem... Sobretudo quando sei que em breve acaba-se...

E o bolo de chocolate que comemos em Niagemachi, depois de uma reunião preparatória para mais uma conferência, soube mesmo bem! E eu que nem ligo muito a bolos...


Agora vou dormir que acho que estou a precisar. Amanhã de manhã não há trabalho para ninguém!

6 comentários:

leonorsousa disse...

As melhoras e boa sorte com a segunda caixa. Penso que se declarares como bens pessoais não pagas nada na alfândega. Pelo menos, foi assim que eu fiz quando mem mudei para os eua...

A mais lustrosa disse...

Sr. Angelo, nao sabia que essas coisas relacionadas com as caixas sao tratadas pelas Embaixadas. Pensei que era servico dos Consulados. Sabe que Embaixada e Consulado sao realidades distintas?

White disse...

Espero que tenhas aprendido a cozinhar, que preciso de uma boa receita de gyozas!!! ahahahah

Já esperimentei algumas mas não estou bem convencido.

Abraço e boas festas,,,

Cor do Sol disse...

Tu começa a imprimir estas fotos e a fazer um album gigante. Vens cheio de recordaçoes fotograficas.

Olha, já eu sou magrinha magrinha e adoroooo comer.

Maria Manuela disse...

A queimar os últimos foguetes, pois então!

:)

A... disse...

Completamente de doidos. Assim é que é, aproveitar ao máximo. Olha...depois desse restaurante trés chic não foram comer mais nada? Acho que se fosse eu...teria de ir comprar uns quantos tayakis numa tenda qualquer LOL
Sayonara