terça-feira, maio 19, 2009

It's all about the music

Sexta à noite houve festa! Tudo porque uma série de pessoas faz anos por esta altura e fomos todos para o Hit Parade, uma disco-coisa em Beppu. Eu já tinha ouvido falar da dita cuja muitas vezes, mas nunca tinha lá ido, nem percebo bem porquê. Mas a verdade é que adorei. O ambiente é fixe, tudo ao estilo dos anos 50. Comida e bebida à descrição. E até salas de karaoke tem, para quem quiser. Mas o melhor foi poder bailar até me fartas, que isso é coisa que não costumo fazer por aqui! Mas já me apercebi de que estou a ficar velho...

E topem-me bem um pormenor de uma estátua mesmo à frente da estação de Beppu...


E cá está o palco, com música ao vivo.


E o pessoal a bailar!


Mas haviam de ver esta gente daqui a dançar: limitam-se a imitar quem está no palco!!! Acham normal?
Se fosse uma só música, ainda entendia - quem não se lembra da loucura do follow the leader e afins!? - mas são umas atrás das outras!
O que vale é que o pessoal mais novo e de mente mais aberta - sobretudo os de um grupo de estudantes da universidade que por ali andavam - não vão nessa!
E quando todos nós nos juntámos e inundámos o palco, aquela gente chata imitadeira desapareceu...

E nós até tínhamos um cantinho à parte para nós!











E eu tenho que o dizer para que todo o mundo o saiba: a Cheryl estava absolutamente deslumbrante!






E a Freda, a menina em primeiro plano, merece também uma referência aqui no blog!



E eu, na pose do costume...












E uns vídeos...













E assim se passou uma bela noite ao som de músicas conhecidas e outras menos conhecidas, incluíndo temas dos anos 50... mas japoneses!!!
Adorei tudo, só vos digo! E espero poder ainda lá voltar antes de partir naquela estrada!

Claro que, quando o pessoa começou a bazar, já estava tudo super bêbedo!
E a Emily foi a fazer a roda entre a discoteca e a estação de comboios. Uns bons 10 minutos de caminho! E eu sempre com medo que ela embatesse em alguém ou acabasse estatelada no chão!


E depois lá nos metemos no comboio e regressámos a Oita.




No dia seguinte, sábado, o tema da música continuou presente. Apesar de uma dor de cabeça louca - e eu que nem bebo alcóol... mas devo ter ficado ébrio por compaixão! - fui ver TAO, um grupo de tocadores de tambores japoneses - e pífaros também.
Fui com a Melissa, regressada dos States, a Chikako, fã louca dos TAO e que nos arranjou lugares na sétima fila, a Nao, que já estava com os copos.
Adorámos. Apesar de já termos visto este mesmo concerto em Dezembro, foi excelente! É que os tipos têm uma energia, uma vivacidade, um engenho de lhes tirar o chapéu!
E confesso que fico com uma ponta de inveja quando olho para eles e os vejo de corpos esculpidos e músculos em todos o lado. Mas, pronto, eu tenho outros atributos que eles certamente não têm!


No final, passámos pela mesa de autógrafos, só para eu tirar uma foto com um deles. E fica aqui o diálogo:
Eu: Can we take a picture?
Ele: Yes, a little.
Eu: Oh, no! Picture. Picture.
Great show!


Eles vêm um estrangeiro de casaco roxo e ficam logo todos baralhadinhos, coitadinhos!

Mas quero partilhar convosco uma triste notícia: eles estavam para actuar em Portugal este outono. Mas a maldita crise enconómica trocou-lhes as voltas e já não vão! Ora, porra, digo eu! Mas eu manterei os meus contactos atentos aos planos deles! Sim, que eu sou um simples, but I know people!

6 comentários:

Moika disse...

"Eles vêm um estrangeiro de casaco roxo e ficam logo todos baralhadinhos, coitadinhos!"

LOOOOOOOOOOOOOOOL

Tu tens piada,pá!

Anónimo disse...

Já tinha saudades das tuas festas e noitadas!!
Lindo como sempre... :P
Beijocas
Inês

kapitão kaus disse...

Ou seja, paródia e da grande, como sempre, aliás!!!!

:)

Tás com bom aspecto!!!

Elma disse...

ahhhh... em Tokyo há algo muito semelhante: Kento's!

Jovens para cima dos seus 60 anos a abanar o esqueleto e outras coisas twilight zone :D

Daniel Silva (Lobinho) disse...

As fotos estao muito boas. Gosto do palco axadrezado. A tua peitaça á mostra hein? pareces o super homem em versao adolescente. E o resto das fotos parecem os almoços anuais da QNE, Há uma foto em que estás com uma piquena que parece a Amelie da chefe (Rita).

Quem é o piqueno de crina no comboio? algum passageiro?

essas para mim de anonimos sao as melhores...

hugs

Vanessa disse...

Uhhhh..como ficas bem de camisa aberta eh eh...a sério! Sem qualquer ponta de ironia, lindo.
Ah e fartei-me de rir quando disseste que aquele pessoal lá na disco não dança, imita lolo...tadinhos...falta-lhes a alma lusa/latina para arrebitarem e abanarem os seus "capacetes" eh eh..
Beijos mil.