quinta-feira, abril 17, 2008

Uma beca apertado...

Eu nunca vi nada assim tao mau, mas a fama precede o que vao ver...


Nao me imagino a morar em Tokyo, nao senhor!!!

Mas, e para quem nao sabe, vai ser lancado um servico de sensilibizacao nos transportes publicos em Tokyo: pessoas com mais de 65 anos vao andar com um companheiro mais novo (tipo jeovas) para dizer as pessoas que nao podem ocupar mais do que um lugar, que nao devem ouvir musica em altos berros, que nao podem utilizar o telemovel e mais nao sei que...
Havia de ser em Chelas, ou assim, eram corridos a murro e a pontape, nem que as velhinhas tivesse um cordao policial a sua volta!

Seja como for, a mim nao me apanham naqueles apertos!

3 comentários:

vermelhinha disse...

deve ser uma maravilha, uma viagem tipo sardinha enlatada. Aqui na Holanda ( eu sei uma população em muito menor número) há o problema ao contrário. geralmente nos comboios o assentos estão dispostos de forma de estar 4 pessoas viradas umas para a as outras. ( nunca pensei que fosse tão difícil descrever a disposição de assentos!)
O comum holandês chega e senta-se ocupando o máximo de espaço possível, de forma a inibir outras pessoas de se sentarem perto de si. Só em caso de extrema necessidade, abre uma concessão mas não sem antes mostrar o seu ar de enfado. São muito individualistas ( os nativos também se descrevem assim) e não gostam muito de partilhar o seu espaço com pessoas que não pertencem à sua esfera de conhecidos!
É engraçado ver isto no cinema, sentam-se e ocupando a cadeira onde está o seu belo traseiro e a cadeira do lado com as suas coisas. :)

Paracletus disse...

Os japoneses vivem todos apertados nas suas cidades...
Não deve ser fácil viver em Tóquio.

leonorsousa disse...

Ouve, é desumano =O Aliás, é de bestialidade primordial. É que, os indianos, ao menos, sobem para o tejadilho do comboio...

PS - Há muito tempo que uma coisa não me impressionava tanto.