domingo, novembro 29, 2009

Parabéns, prima!

Embora corra o risco de vos maçar com a minha vidinha humilde e soosegadinha, tenho que escrever sobre a festa estrondosa dos anos da minha prima!

E começou logo muito bem com imenso arroz doce.


E só de pensar que duvidei da minha tia! Como a minha mãe disse, achas que numa festa d'anos a tua tia não ía fazer arroz doce!?
E ainda bem que o fez, que o adoro. Em quatro horas, marcharam quatro deles. Com imensa canela, como eu gosto.

Aliás, esta paixão pelo arroz doce fez-me levar uma amostra para o Japão, a primeira vez que vim a Portugal! E dei-o de comer a uns amigos bifes e eles amaram! Como seria possível não gostar de tal maravilha da doçaria portuguesa?

Bem, por esta altura, já devem ter percebido que adoro arroz doce!

Gosto tanto dele como da Miquelina, que também esteve na festa, feita maluca!


Depois, a mamãe posou.


E a vovó posou com os filhotes.


A prima aniversariante estava ainda a preparar-se. E espero que ela perdoe esta foto, onde fica desvendado o mistério da sua beleza etérea e angelical!


Cá estou eu com a primeira colherada da primeira taça de arroz doce!


Depois de quatro anos com falta destas coisas boas, tenho um crédito para gastar que nunca mais acaba!

A Miquelina estava para ali sentada a pensar na morte da bezerra e eu dei-lhe este quadro para ela desenhar rodando uns botões. E cá está o desenho que ela fez:


É uma verdadeira Picassa, como eu lhe chamei!

Mas achei curiosíssimo como ela se empenhou tanto na coisa. E como estava concentrada. Damos uma coisa qualquer aos velhotes e eles ficam todos felizes. Como os miúdos. Essa é que é essa!


Cá estou eu mais a prima, a dar-lhe os tanjobi omedetou!



Logo depois começámos uma sessão de karaoke. E a Miquelina, claro, estava a prestar atenção. Ainda chegou a cantarolar um pouco e tudo!


Até mamãe cantou! Pela primeira vez na vida!


E a prima, com a prima dela.


Não podia deixar a festa sem tirar uma foto com a tia que, como é seu apanágio, estava na cozinha a fazer coisas! Neste caso, bacalhau à braz. Para quem quisesse jantar.


Passámos pelos vizinhos, também da família, para vermos o canito deles, retirado da rua.


Antes de partirmos, ainda tive oportunidade de tirar umas fotos com a Diana!


E assim foi uma bela festa. A festa dos 30 anos da Tina!

Mas acham, sinceramente, que eu me ía embora assim sem vos deixar aqui uns vídeos-maravilha das nossas sessões de karaoke?! Claro que não.
Mas também vos digo que, senão dormirem e acordarem a meio da noite, com suores frios e pesadelos involvendo muito sangue e vísceras, não me responsabilizo. A partir daqui é por vossa conta e risco!

O novo duo Ele e Ela.



A Miquelina a bombar.



Os Primos. A fazer uma cover da melhor cantora de todos os tempos!


3 comentários:

X disse...

Adorei a cantoria. Ainda tive esperanças que cantasses pior que eu mas não. Sou imbatível. Temos que combinar um "combate desses cá em casa".
ABRAÇO

V. disse...

Arroz doce... Torta de Laranja... Bacalhau à Braz!?!?!?!?! Mas tu queres-me matar ou quê???

Adorei as cantorias (podes sempre ir tentar a tua sorte nos Ídolos :P)

Mas adorei ainda mais o baile com a avó e o abraço amoroso!

Astrid disse...

A tua avó parece mesmo uma querida e que sorriso que ela tem... divino! ;)

Beijos, flores e estrelas ****