terça-feira, agosto 26, 2008

Isto num pára!

Como viram, ontem foi noite de regabofe. Mas hoje foi dia de trabalho. Por isso mesmo não há muitas fotografias que não gosto de vos maçar.
Uma das coisas que curto por estes lados é que a festarola começa cedo. E acaba cedo. Pouco depois da meia noite já estava em casa. E mesmo assim houve tanta festa e loucura e vómito e tudo e tudo e tudo... É que não gosto nada de saír de casa às 11 da noite para ir a um bar e depois para a disco até às 6 da manhã! Como diria a outra, jamais, Salomé! O pior é que aqui, embora seja proibido fumar em muitas das ruas, fuma-se em tudo quanto é restaurante e bar. Nunca devem ter ouvido falar da ASAE e dos malifícios do tabaco...

Adiante! Ia a dizer que foi dia de trabalho e que fui até ao edifício da prefeitura fazer uma apresentação sobre Oita e mais não sei quê. Sim, que, como disse, a minha vida não é só pouca vergonhice. Claro que mais de metade o pessoal estava quase a dormir... I wonder why!

E a coisa era tão importante que até fui de sapatinho preto e tudo! Vêm como o menino se sabe comportar quando é preciso!?

Mas ainda antes da apresentação e até do almocito, houve tempo para uma demonstração. De terramotos, incluindo o de Kobe, tal qual como aconteceu.

video

E eu que morro de medo...



Eu só dizia ao pessoal acabadinho de chegar "Esperem até isto acontecer de verdade e verem tudo a abanar à vossa volta. Especialmente à noite"! Fónix!

4 comentários:

Anónimo disse...

Que chique que estava o meu amigo...n naquela foto em que estás a gritar, claro! :)
eheh! Tadinhos mostram logo ao pessoal acabadinho de chegar como a terra abana por aí! Ahhhh!! Já agora, não precisas de referir que houve pessoal a chamar o Sr. Gregório, tá! Pleaseeee!!
bjs
Inês

Miguel F. Carvalho disse...

nesse país há tudo!!!

nós aqui nem um Parque de Diversões... :-(

Rosarinho disse...

Só queria mesmo comentar era a tua foto do cabeçalho ....OH god!!!!

Aposto que deve ser de um programa televisivo :) que saudades tenho disso :P

Maria Manuela disse...

Desculpa lá tu estás mesmo mais magro e não me venhas cá com a conversa do algodão...

beijos