terça-feira, agosto 04, 2009

O Regresso - Fui ver, já não era o nevoeiro

Neste dia levantámo-nos mais cedo, que tínhamos que ir ver a ponte. Não que seja muito longe, mas não é preciso andarmos a correr...

San Francisco é demais. Até freiras tem.


E cá está a belíssima Golden Gate sem nevoeiro nem nada! Não é extraordinário?





Tirámos umas fotos com a coisa em fundo e depois andámos meia ponte, para apreciarmos as vistas.










Estava um pouco frio... Mas nada que não se sobrevivesse...

O pior foi ter que esperar uma hora por um autocarro para nos trazer de volta à cidade. É que andam com umas obras lá junto a ponte e o 28 não pode lá ir...
Lá nos conseguimos enfiar num autocarro e ainda fomos até ao centro de borla.

E ca está parte do centro de San Francisco com os seus arranha céus.





Almoçámos hamburgers, não estivessemos nós na terra deles.
Mas parece que o pessoal está consciente dos malefícios da coisa... Pelo menos a julgar por este outdoor. Ou estarei enganado? Nã... Estou mesmo enganado!


Do centro fomos até Alamo Park para vermos as casinhas bonitinhas com a cidade como pano de fundo.



As casas de San Francisco são lindas. Gosto mesmo muito as janelas que saem casa a fora. Um dia hei-de ter uma dessas!

Foi aqui que nos cruzámos, à saída do autocarro, com um jovem casalito. Ele só nos perguntou se estávamos a falar português de Portugal! É que o tipo passara dois anos em Portugal. Numa missão mórmon - ok, ninguém é perfeito! E estivemos ali uma beca na palheta!
Mas que bela surpresa!

E surpresa foi, também, ver que ainda consigo desafiar as leis da gravidade.


Descemos e subimos colinas, não estivéssemos nós em SF, e chegámos a Ashbury, um sítio bem louco, com lojas das boas. Tão boas, tão boas, que comprei coisas. Eu só quero ver como é que vou levar a tralha toda para Portugal! E a viagem que está só no início!


No caminho de volta a casa, demos com este sinal no autocarro. Deve ser para aquelas velhas chatas que se queixam de tudo e mais alguma coisa e que, para além disso, estão também a morrer. Os autocarros em Portugal deviam ter um destes também!


E uma cabine embutida na parede também. Que dá sempre muito jeito.


Ainda saímos um pouco à noite. Voltámos a casa para aquela que seria a nossa última noite na maravilhosa cidade de San Francisco!

8 comentários:

Maria Manuela disse...

É só ramboia! Fazer o favor de avisar quando estiveres a chegar à portela.

beijos

The White Scratcher disse...

Tu deves ter uma costela cigana,,, com certeza,,,ahahahah,,,, mas olha,,, a saida se Frisco tens umas setas que dizem "Portugal",,, tens que seguir por aí,,,ahahahah

abraço

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Como diria a Zé: a minha cabeça deu um nó!

Entao tu ja tinhas estado em Cisco, até postaste um filminhos num electrico que achei deliciosos, também com o meu homónimo ;) e enviaste um postal e tudo...

mas rever é SEMPRE BOM...

Até onde vai essa tournée? ;) Costa oeste americana down to grand Canyon? can't believe it...

V. disse...

Aqui são mais straightforward.
"Do not move forward from this sign. DO NOT TALK or DISTRACT the driver while the vehicle is in motion".

Props ai pró amigo mormon... que ao menos sabe onde fica Portugal, e que "Não... Portugal não fica no so sul da América, sim fala-se Português no Brasil, mas Portugal é outra coisa."
Digamos que tive umas disputazitas com malta aí desse lado acerca do assunto.

Nice pics btw ^^

Take care!!
xx

NanBanJin disse...

Ah! Frisco! Grande escolha, sim senhor!!! Também quero...

Mari disse...

Kridinho, já é a 2a vez que andas por aí..k invejaaa!!.. Mas acho k fazes muito bem, porque isso parece ser realmente muito giro!.. O Daniel tá com óptimo aspecto.. dá-lhe 1 beijinho meu, se ele se lembrar quem eu sou..lol
Beijos Mari

Maldonado disse...

Frisco é um oásis de liberdade no meio do puritanismo WASP...
Gostei das fotos, menos a das freiras. :))

Sofia Feliz disse...

Foge, tu para passeares dás o cú e oito tostões, como se diz na gíria!!

Bom passeio e diverte-te,

beijinhos!