segunda-feira, agosto 10, 2009

O Regresso - Indo eu, indo eu a caminho de Las Vegas


View Larger Map

A nossa viagem tinha que continuar! Apesar de LA ser LA - parece-me ser o melhor adjectivo aqui - tínhamos Las Vegas à nossa espera. E uma viagem de umas quase cinco horas. Pouca coisa, dadas as distâncias loucas nesta terra.

Obviamente que não podíamos ir assim de barriga vazia. Parámos no Denny's para um pequeno almoço leve, coisa pouca.



Bem à americana, como se pode ver... E tudo aquilo por uns doze dólares.

O Daniel e eu temos vindo a olhar para as pessoas e vemo-las absolutamente gigantescas - eu sou um hobbit ao pé deles... o que me sabe muito bem, depois de quatro anos a ser visto como um ogre! - e olhamos para o que elas comem, mesmo ao pequeno almoço. E ficamos parvos: ovos, sumos, hamburgers, bacon, molhos e mais molhos...
Não é que tenha alguma coisa a ver com isso, mas será que não se apercebem do mal que fazem a si mesmos?
O problema é que eu e o Daniel, a continuarmos a comer as maravilhas que temos vindo a comer e nas quantidades industriais que consumimos, qualquer dia acabamos como eles: quadrados. Como diria a minha mãe.

Mas deixemo-nos de coisas sérias e vamos lá ver a linda paisagem que nos acompanhou da California para o Nevada: o deserto de Mojave. Esse grande deserto.



Deserto de um lado, deserto do outro. E com uma paragem para descanso dos guerreiros...





E lá continuámos estrada a fora...

Neste país é tudo em grande. Até a medida das distâncias.... Em milhas! E uma milha equivale a 1.6 quilómetros...


É tudo tão grande, tão vasto, tão longe e inóspito, que depois temos paisagens maravilhosas como estas...







O deserto lá nos acompanhava... Sem nada...

Até que vimos algo ao longe... Seria um avião? Um pássaro? Um índio? Não, não... Era um casino. Estávamos no Nevada!



Mais milha menos milha, lá estávamos em Las Vegas, essa terra extraordinária, nascida no meio do nada e que se espalha que nem uma louca pelo deserto a dentro.

Estava calor. Afinal, e como já se devem ter apercebido, estávamos no meio do deserto.

Tínhamos uma reserva no Hilton. Sim, leram bem!
Tudo porque a mãe do JT, que é de Vegas, trabalha num restaurante no Hilton e fez-nos uma reserva. Ou melhor, pagou-nos o hotel!!! Nós nem sabíamos como agradecer, claro está. Mas demos-lhe um chá do Japão. Até porque ela é japonesa e o chá está-lhe no sangue.

Depois de nos refrescarmos da viagem, a Miki - assim se chama a belíssima mãe do JT, que tivera o prazer de conhecer em Oita há uns meses - foi lá ter connosco para irmos jantar! E levou a mãe, uma senhora bem japonesa de 89 anos!
Fomos ao restaurante onde a Miki trabalha. Há nada menos, nada mais de 35 anos! E sempre com as mesmas companheiras. Pessoas simpatiquíssimas que também tivemos o prazer de conhecer!

Como seria de esperar, ela trabalha num restaurante japonês. A comida foi cozinhada à nossa frente. E veio numa quantidade inimaginável no Japão! Foi camarão, legumes, arroz e uma carninha absolutamente divinal. Só vos digo, eu e o Daniel ainda hoje nos lembramos desse jantar absolutamente maravilhoso!




E a Miki, bem à japonesa, fez questão de nos oferecer tudo! E nós, mais uma vez, sem sabermos bem como lhe agradecer! Mas uma coisa receberá de certeza: uma série de postais de Portugal!


O Hilton é, como qualquer outro sítio em Vegas, gigantesco... Sempre cheio de gente a andar e uns corredores que nunca mais acabam...


Para rebater o jantar, fomos até ao Stratosphere, uma torre. Daquelas bem altas. Subimos lá acima para nos maravilharmos com as luzes da cidade by night. Luzes essas que se espalham até mais não...






Regressámos ao Hilton para, e passo a citar o Daniel, dormirmos em camas a sério!


E ele estava tão certo!

15 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Há uma foto quase no final em que a senhora parece a tua avó Miquelina, mas as fotos, num todo, estão mesmo muito giras, Ângelo :)

Maldonado disse...

A tua road trip está a ficar ao rubro. ;)
Só te faltava teres assistido a um casamento kitsch de Las Vegas. :))

Beatrice von Bismarck disse...

Eu estou capaz de dar um dedo mindinho para estar aí contigo.

:)

João disse...

Mas esse regresso não acaba? :)

Cor do Sol disse...

ó homem, esse roteiro é meu:) espera por mim que daqui a uma semana estou por aí.

Diverte-te.

Beijo

The White Scratcher disse...

Ganda viagem, sim senhor!,, quando regressares,,, não te esqueças das panquecas!!!lololol

Mari disse...

Bemmm kiko k viagem do camandrooo!...Mto booooommm!...Estou aqui entusiasmada por ti :)
beijossss

pinguim disse...

Um manancial de coisas boas e divertidas.
Sempre agradável a documentação fotográfica.
Continuação de boa viagem...
Abraço.

Vanessa disse...

Bemmm...só de ver as fotos do deserto até dá água na boca eh eh...espectáculo...essa sim é a América que eu gosto...inóspita por 1 lado mas depois de rara beleza por outro...
Beijocas e keep on having so much fun!
Beijosss.

Pepita disse...

Filhote,

Tenho o sonho de um dia ir a Las Vegas e ficar pelo menos duas noites no Hotel Venice... e assim por diante até percorrer os principais hoteis temáticos. Mas a partir de hoje acrescento a esse sonho o restaurante japonês do Hilton.

Claro está que pretendo todas as loucuras que saõ quase obrigatórias fazerem-se nessa cidade. Bem, todas não direi... excluo desde já a do casamento :-)

Apoveita bem cada bocadinho desse regresso fabuloso que preparaste.

Beijinhos,
Mommy

V. disse...

Wow... Vegas... o deserto... surreal!


(ai as saudades dos pequeno-almoços de panquecas!)

Não me digas que não vais nem sequer gastar $5 num casino... é da praxe pá!

x

Graduated Fool disse...

Este homem não pára! Cada vez que aqui venho há novidades e não se sabe em que coordenada geográfica ele está. Ora no Japão, ora nos States! Assim é que é!
E ainda por cima nos States com o Daniel, esse querido com quem estive de raspão há umas semanitas atrás à porta do casino de Lisboa.
Divirtam-se muito, miúdos!

Ah, é verdade, este ano ainda não vou ao Japão... vou daqui a dias para o Kruger na África do Sul. Mas não me esqueço das tuas recomendações.

Beijocas

Anónimo disse...

Xiiii…Hilton! Oh yeah!! :P
Olha, em relação ao teu regresso apenas uma palavra: ADOOOOORO!!
Beijocas e vai-nos actualizando por onde andas!
Inês

Ana Maria disse...

Ora aí está ele no seu melhor!
Gosto de ver. Quero tudo bem visto e fotografado, para poder acompanhar.
Mas a Nova Zelãndia é que ainda está atravessada aqui (garganta).
E deves querer fazer-me concorrencia no peso, ai, ai, ai.
Diverte-te , enjoy e regressa lá!
Bjs
Ana

Maria Manuela disse...

Quero novidades sff