sexta-feira, maio 02, 2008

A outra face de Xian

Como ja disse 300 vezes, nao dormi nada bem aquela noite em Xi'an. Novamente, a Elecia e o Scott foram passear - pelos vistos estiveram na pior casa de banho do mundo e chegaram a vislumbrar pes de galinha na comida - e eu fui dormir, que e o que gosto de fazer a noite.

De manha, la nos levantamos cedo, pusemo-nos belos e fomos num tour ate o sitio que me havia trazido a Xi'an: os guerreiros de terra-cota. Mas antes disso, ainda vimos outros sitios, tambem interessantes!

Ainda na cidade, la esta uma aldeia neolitica, com escavacoes das casas, fosso e outros artefactos. E a aldeia do povo Banpu que viveu nesta zona ha uns 6000 anos. Ficamos tambem a saber que a mulher e que tinha o poder naquela sociedade, que podia ter varios maridos, que eles e que cuidavam da casa e eram elas, as gajas, que decidiam quem seria o felizardo a noite. Elas tinham as casas quadradas, grandes, e eles moravam nas casinhas redondas mais pequenas.



Dali fomos ate a uma fabrica que faz replicas dos tais guerreiros que mencionei anteriormente. E interessante ver como se fazem os ditos cujos, com moldes e que depois sao aperfeicoados manualmente.


Digam la se nao dou um guerreitro todo estiloso!?




Claro que a intencao desta gente simpatica e bem falante e tambem vender coisas. Mas, la esta, aprende-se sempre muito e se eu pudesse, acreditem, bem que teria comprado um dos magnificos moveis que eles la tinham! Mas ficamos a saber que estes dragoes que as meninas estavam a fazer nao tem anus. E porque?! Porque pomos moedas nas suas boquinhas e como nao vao poder sair la por tras trazem fortuna e boa sorte! Viram, viram?! Mas, digo-vos, nao tentem isto em casa!


La vimos as coisinhas e dissemos que nao queriamos nada e fomos ate a nossa seguinte paragem, umas nascentes quentes que foram, em tempos, o palacio de inverno do imperador ca do sitio.




Tambem aprendemos que as formas quadradas que se vem nas muralhas das cidades antigas da China ou ate o quadrado no centro das antigas moedas ca do sitio tem um significado muito interessante: espelham a concepcao do mundo chinesa que era, precisamente, um quadrado. Sim, para os chineses de outrora, o mundo era um quadrado! Onde e que ja ouvi isto!?







Era uma zona muito bonita, como se ve. Mas estava um forno, que nao vos digo, nem vos conto.

Como estavamos num tour, tinhamos uma guia. E ela confidenciou-nos que, depois do almoco, iamos a uma loja de sedas... Para ela poder ganhar o dela, tinhamos que passar por la. Por nos, claro, nao havia problema! E la fomos nos... E ficamos a saber tudo e mais alguma coisa sobre como a seda se faz tra la la. Por exemplo, sabiam que ha muitos casulos gemeos, ou seja, duas minhocas que se aninham juntas e tecem dois casulos juntos?! Pois e, meus amigos, ha-os e nao sao poucos!


Como estao a ver - de certeza que ja vos doi a cabeca de tanta cultura - foi um dia muito cOltural...

Por acaso, a Elecia comprou uma gravata de seda para o namorado. Quem a teve que escolher fui eu, porque ela nao fazia ideia e o Scott tem uns gostos, como dizer, muito demode!

Mas a paragem seguinte foi, para mim, o ponto alto. Infelizmente, estava cheio de gente por ser 1 de Maio e eu ja estava cansado quando la cheguei. Mas ver os guerreiros de terra-cota foi um espectaculo. Centenas. Quica milhares de figuras em tamanho real, todos com rostos diferentes. Extraordinario.
Foi construido pelo primeiro imperador Qin ha muitos muitos anos. E foi construido para o defender depois da sua morte. A nossa guia disse-nos que o imperador decidira construir um exercito em terra-cota porque assim nao era preciso enterrar vivos os seus servos e concubinas, como era pratica ate entao. Curioso e muito infeliz, digo eu, e que este espectaculo foi todo construido por milhares de escravos. Escravos estes que nao escaparam a morte com o final da sua tarefa...





O que tambem aprendemos e que os soldados tem aparencias diferentes tambem por causa do seu posto. Uns eram generais, outros soldados, etc...




Valeu francamente a pena e ate conhecemos uma professora chinesa de ingles de uma outra cidade que estava de visita e que nos acompanhou por um pouco.
Nao tenho muitas fotos desta visita, porque a camara do Scott e melhor em zonas sem muita luz... Pergunto-me se esta chegada a altura de mudar de maquineta...

Estava um calor do caracas...


Voltamos a pousada com a nossa guia, Paulie, que nos disse adeus. Mas ainda conseguimos uma boleia com o nosso motorista que nos levou, no seu carro, ate a estacao. Ele nem queria dinheiro - afinal os chineses nao sao sanguessugas - mas nos insistimos, ate porque ele nos levou a estacao no seu proprio carro!


A nossa guia e de outra cidade e esta a estudar educacao na universidade de Xian! E e catolica. O que nao deixa de ser curioso.
Falamos de muitas coisas, desde a imagem que os chineses tem da Coreia do Norte, ao direito de voto, a prostituicao na China (ao que o nosso motorista respondeu "nos somos socialistas e voces capitalistas", como que a dizer "ca nao ha nada disso!"), a dificuldade de se ser catolico na China and so on and so on.

Antes de deixar a pousada, deixei uma pequena assinatura na parede. Tinha assinaturas de todos os sitios do mundo, mas nao vi nenhuma de Portugal! Quer-se dizer, nao ha condicoes!


E la fomos ate a estacao, metermo-nos no comboio para Pequim. Outra estacao cheia de gente ate porque estamos numa altura de feriados, em que toda a gente viaja. Menos escadas, porem. O que e sempre bom.
Mas, enquanto esperava pelos outros dois que tinham ido ao supermercado comprar coisas, vi a policia a espantar o pessoal que estava sentado no chao. Ok, pode nao ter bom aspecto estar ali com sacos grandalhoes da feira sentado ou de coqueras a espera do comboio no meio da estacao, mas a forma como eles tratam as pessoas... Enfim... Como que a enxotar um cao vadio!


O nosso comboio la estava a nossa espera... Mas isso fica para a proxima vez, que estou absolutamente exausto!

3 comentários:

Anónimo disse...

Oh Amigo, que viagem maravilhosa! Também gostava imenso de ir aí...como dizia lá um Sr. Cubano que eu conheci: "Qué boo...nii..too!!"
Beijoca grande e continua a manter-nos informados!
Inês*

helena disse...

As fotografias são excelentes, parabéns!
Já agora, aqui vai uma pergunta indiscreta ...como é que foste parar ao Japão?

bjs

Ana Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.