segunda-feira, janeiro 07, 2008

Tailandia - Passeio nas alturas

Por esta altura sei que toda a gente se anda a perguntar o que havera para fazer na Tailandia. So praia? Nao! Tambem se pode ir ate a selva (e do aviao o que se ve, e muito, e selva!) e andar de elefante. Sao tao kikos estes animaizinhos!

Eu e a Danielle estavamos mesmo excitados por irmos andar de elefante. Infelizmente, o meu estomago andava louco e nao me estava a sentir bem (ontem fui para a cama a pensar se teria tido febre na noite de 24 ou na de 25... Enfim, nao importa! E isso e para esquecer mesmo!). E andar num elefante que se balanca todo nao ajudou muito. E com o calor da selva... Enfim... Mas foi optimo, ate porque para o fim ja estava muito melhor!

O nosso elefante, cujo nome me escapa, como e costume, tinha 52 aninhos. Por isso tinha estas manchas todas na pele. Mas era um querido e portou-se muito bem. Nos bem que ouviamos uns urros (va la eu saber que baralho faz o elefante!) aqui e ali, vindos de outros elefantes.





Tambem tivemos oportunidade de darmos de comer ao nosso bebe do dia. Foi uma experiencia optima e que recomendo a qualquer pessoa que va a Tailandia ou ao Cacem.


video



A nossa viagem na cachaca dos paquidermes chegou ao fim e tal, mas havia mais que ver, sim senhor.
Mas, ves pai, o elefante aguentou comigo! Afinal nao estou assim tao gordalhufo!

Mas ia eu a dizer que, depois do belo passeio com estes animais lindissimos, andamos um pouco ali pelas redondezas. Eu, a Danielle, um senhor dinamarques, um casal sul coreano e um outro, creio, de Hong Kong.

Recordo os demais que estavamos na selva. E foi no meio da selva que o nosso guia pega numa aranha enorme e diz as pessoas que nao ha problema de a agarrarmos, porque e como que o seu animal de estimacao... Enfim...



Uns quantos totos aceitaram o desafio e posaram para a fotografia!


Mas esta aranha era das boazinhas, mesmo assim com uma teia enorme... Mas ele tambem nos mostrou uma outra aranha, essa sim venenosa. Ninguem lhe tocou.

Depois atravessamos o rio - ca estou eu bem ao estilo Rambo tailandes - para irmos ver os elefantes a tomar uma banhoca.


Antes disso o nosso guia pegou num lagarto que ia ali a passar e tambem nao resistimos a mexer no bichinho!



video

Eu so me pergunto se o animal ja tinha feito a digestao e se ja podia ir para a agua... Mas, enfim, os senhores la sabem o que fazem...



A nossa bela manha com os elefantes tinha terminado. Por esta altura ja me estava a sentir completamente bem, ate porque era minusculo ao pe destes bichos. Ja no Japao sou sempre gigantesco, a nao ser que va ver uma competicao de sumo.

Fomos almocar. La esta, no meio da selva. Andasse eu de liana em liana e seria um verdadeiro Tarzan!

Mas, agora, para um momento serio e que me chamou a atencao: estavamos a falar de coisas da vida com o nosso guia, quando ele se refere ao rei la do sitio. E refere-se sempre nos mesmos termos "my king", ou seja, "o meu rei" para aqui e para ali. Interessante, ha que dizer. E ele mesmo disse que o rei e um exemplo para os tailandeses e mais nao sei que.
Tambem aprendemos que na Tailandia ha diferentes cores para os diferentes dias. Naquele dia era o dia do roxo (o que e finissimo, porque o roxo esta tao in!). O nosso guia estava de t-shirt roxa.
Ai esta gente! As coisas em que eles pensam!


Tambem havia por ali, na selva - e agora tenho uma imagem na minha cabeca da minha Sonia Cristina de xanato alto e toda pintada neste cenario - umas flores muito pipis. Como vem, este blog nao e so deboche e pouca vergonha, mas tambem tem o seu lado de National Geographic mostrando as fauna e flora deste mundo.
(Olha que momento tao bonito!)



Comemos, vimos as florzinhas e depois fomos ate a uma criacao de peixes. A primeira vista, pode nao parecer muito interessante, mas nao podiam estar mais enganados, meu amigos. Os peixinhos tambem sao nossos amigos. Digo eu.

Estes primeiros videos mostram uns peixes a serem alimentados. Mas os peixinhos em questao sao enormes e podem chegar aos 300 quilos. Agora vejam o alarido que fazem a comer.

video
video

O espanto que se ouve no segundo video saiu da boca do senhor sul coreano, um homem grandalhao (sim, alguns sul coreanos parecem criados para serem gigantes!). Curioso, no minimo.
E, ja agora, e eu que sei tudo, ele estava com a esposa em lua de mel na Tailandia e ofereceu ao pessoal que estava de passeio um gelado de chocolate para sobremesa. Simpatico, claro.

Mas tambem houve polemica, quando uma das meninas perguntou ao nosso guia quantas mulheres tinha o rei tailandes. Afinal, havia visto "Ana e o Rei" e nesse filme o rei tem um harem que nunca mais acaba.
O guia nao lhe respondeu e passou a frente. E eu cheguei a conclusao que a menina nao estudou antes de ir para os tropicos tailandeses: o filme esta banido do pais!

Mas chega de coisas serias.
Ca ficam mais peixinhos nossos amigos e cheios de cores.






La vimos os peixinhos e dissemos-lhes good bye, Maria Ivone.

Dali seguimos ate um pequeno lago num rio, ainda no meio da selva, para nadarmos um bocadinho. So a Danielle se aventurou. A agua estava demasiado fria para mim, ja que, la esta, estavamos no meio da selva!


E assim foi. O nosso passeio com os elefantes foi, pelo menos para mim, um momento inesquecivel e que aconselho vivamente. E, la esta, estar NO MEIO DA SELVA e sempre uma coisa boa e a transpiracao deixa a pele que e uma maravilha!

Regressamos ao hotel e la estava o gatinho a nossa espera. Ainda levou uma papinha da gente. Esta melhor que muitos!


E assim foi mais um dia na Tailandia!

1 comentário:

Hydrargirum disse...

Com a devida excepcão dos artrópodes que vcs tiveram nas mãos....que nem que me pagassem eu aceitava tocar...
O andar de elefante pareceu-me exciting!:)