quarta-feira, março 31, 2010

Coisas de fins de semana

Nesta semana que, de alguma forma, mudou a minha vida, foram sempre acontecendo outras coisas. Nomeadamente no fim de semana AM e no DM. Ou seja no fim de semana antes da Miquelina e no depois da Miquelina.

Tudo começou com mais um encontro na casa da Mega. Com a Mega ela mesma, a Ana e o Chocolate.



Numa outra noite, fui com a Ana a uma exposição muito interessante dedicada à participação de Portugal na Primeira Grande Guerra. E so vos digo que nós não temos a noção das dificuldades que aquela gente enfrentou. E do subsquente abandono por Portugal...






Eu bem sei que os admiradores de cenas sado-maso vão adorar esta próxima fotografia... Mas a cena, na verdade, servia para protecção contra os gases usados na guerra...




É curioso que me lembro do meu avô dizer que usou baionetas destas na tropa... Em mil noventos e carquejas...





Curtam-me a tecnologia usada para transportar feridos em combate às costas de um burro...



Ou, pior ainda, os utensílios usados para amputações a sangue frio, já que nem sempre havia anestésicos à mão...




Até dói só de pensar!



Depois de uma noitada no museu - ali na Rua da Escola Politécnica - descemos até ao Bairro Alto para comermos qualquer coisa...
O que verdadeiramente me apetecia era um wrap nova-iorquino, mas tive que me contentar com uma pizza nesse fenómeno que são os restaurantes indo-italianos...





Cheguei a casa e dei com esse outro fenómeno que é o Marante...



Houve, num outro dia, tempo para mostrarmos a bela da feijoada à Emily e ao Sam.
Eu abomino tal prato, mas eles ficaram maravilhados. E ainda levaram uma quanta para casa, que o tacho aqui fica sempre cheio...



E o Sam até se aventurou nesse mundo desconhecido que é a unha de porco...



Descemos até à Baixa...



A Shauna também falou comigo. Não sei se da Malásia de do outro mundo...



E eu fui passear com o Daniel até à Costa... Sítio bonito, com o entulho das casas à beira da praia ainda na areia e com o mistério da localização do terminal do Transpraia...



Esse serão foi passado a comemorar os anos da Pipa. E, assim, estava de volta ao Bairro Alto...









Cá está a aniversariante...



E os totós dos amigos dela...








E no dia a seguir, enquanto os meus pais comiam coelho - ó deuses, dai-lhes juízo! - eu deliciem-se com uns preguinhos no prato com arrozinho...



Uma maravilha...

Claro que mesmo no meio desta aparente vida normal, a Miquelina está presente. Não só no meu pensamento, a toda a hora, como nestas pequenas coisas dela...



Curioso que fui a um outro jantar de aniversário. Do André, com quem cresci, junto da Miquelina...




E assim a vida continua...

8 comentários:

Sofia Feliz disse...

Life goes on, the show must go on!

Beijos ;)

ψ Psimento ψ disse...

Sim a vida continua e tu também tens de seguir em frente. Um abraço e é bom ver-te sorrir. :)

Hydrargirum disse...

Nao compreendo...somehow a coisa mais importante tera sido decerto o acaso que nos juntou em pleno BA...e no entanto nao estou mencionado aqui...nem eu, nem o nosso amigo que cmg vinha...

Que mania de achar que sou importante!LOL

Mark disse...

Eu também estive na Exposição "Portugal nas Trincheiras - I Guerra Mundial", mas foi numa visita de estudo da escola... Gostei bastante. :)
Já agora, o bifinho estava com um óptimo aspecto, mas eu evito ao máximo qualquer comida que engorde. Lol xD

V. disse...

Hora aí está o que eu queria para os meus anos... um preguinho no prato, com uma torre de arroz...
aaaaiiiiiiiiiii

ou então a tua abominável feijoada!

MÃEZINHA, QUERO-TE AQUI JÁ!!!

Isto passar os anos sozinha é uma tristeza :D Só penso em comida!

Fico contente por ver que estás a voltar à tua rotina de 'socialité' XD, e que estás rodeado de bons amigos que te desencaminham!!

Bêjos

James disse...

Ehehe foste o primeiro a comentar no meu berloque! lol Temos que combinar esse encontro sim. Esta semana vou ao Vaticano confessar os meus pecados, mas quando voltar temos que nos ver. fica prometido!
Abraço.

Vanessa disse...

Continua mesmo..tem d continuar e a Miquelina iria querer-te ver smepre assim..feliz e rodeado de amigos...
E os loucos dos teus maigos do jantar da Pipa...nem sei onde vais buscar esse "dessa" eh eh..ele é flores no cabelo, restos de laranja e telemóveis "sui generis"...o mundo está perdido...de riso ah ah ah...

Zoninho disse...

para dizer a verdade, acho que conheço alguma dessa gente! enfim, boa vida é o que é!

beijos e abraços