terça-feira, março 25, 2008

Hiroshima, habibi, minha mais que tudo

Outra coisa que Hiroshima tem de bom e que parece que toda a gente fala ingles! Mesmo quando eu puxava do meu japones (ok, nao e la grande coisa, mas sempre da para desenrascar), o pessoal saia-se com respostas em ingles. Desde o restaurante a estacao de comboios! Uma maravilha!

No nosso segundo dia em Hiroshima, fomos ate Itsukushima, mais conhecida por Miyajima.
Miyajima nao e muito longe. Fica a menos de uma hora de electrico, ainda menos se se apanhar o comboio!
Nos fomos de electrico, que e sempre bom. E ao lado da Lauren sentou-se uma senhora que meteu conversa com ela. Ficamos a saber que tinha 85 anos (juro palavra d'honra que nao parecia nada) e que havia viajado pelo mundo todo. Adorei! E, la esta, tudo isto em ingles... algo muito invulgar!



Chegados a Miyajimaguchi metemo-nos no barco para chegarmos a ilha de Miyajima...





Esta ilha e, toda ela, um parque natural. E e nesta ilha que podemos visitar o torii mais famoso do Japao... E ca esta ele, ao longe: e aquela coisa vermelha na agua.


Em Miyajima nao ha querubins a tocar alaudes como na cabecita de alguem, mas ha, isso sim, veados. Sao considerados sagrados por serem mensageiros dos deuses. Alias, os deuses deviam estar muito bem dispostos e reinadios neste dia... O tempo estava perfeito, sem uma nuvem no ceu e uma luz soberba!






O que nos nao sabiamos e que estes bichinhos lindos comem tudo e mais alguma coisa... Um terco do mapa que vem na mao da Lauren desapareceu poucos segundos depois de tirarmos esta fotografia... Eu bem que ainda tentei convencer o bicho a nao comer aquilo, mas o gajo nao me ouviu. Ou entao o papel era de boa qualidade...



Como se ve, eles estao em todo o lado. E e giro ver que se eles cheiram qualquer coisa que lhes possa agradar nao nos largam, sempre a cheirar...

Ha poucas casas em Miyajima. Mas a vilazinha e muito agradavel, limpa e, apesar dos turistas, sossegada. Alias, ficamos muito surpreendidos com o reduzido numero de pessoas por ali num dia tao espectacular como este...



E foi nesta vilazinha nesta ilha magica que aconteceu algo fantastico: comi ostra pela primeira vez!


Era ve-la a ser vendida na rua em direccao ao templo! E como era grelhada com molho de limao, nao havia erro possivel! Adorei, adorei, adorei!


Continuamos por ali fora e chegamos ao ponto alto (e uma metafora, amiguinhos) da ilha: o torii (portao) do templo. E o que este tem de original e, como podem ver, estar de molho na agua do mar!
Alem disso, foi originalmente construido no seculo VI, andava a Aida ja na primeira classe!







O templo propriamente dito nao tem muito que se veja, mas as vistas que proporciona sao divinais. E la esta ele, o torii, sempre presente.

E como estamos num templo shinto, nao faltam os barris de sake como oferenda aos deuses... Deve ser por isso que estavam tao bem dispostos!



Por esta altura, a mare ainda estava cheia... Tinhamos tempo ate ela vazar, pelo que andamos por ali as compras. E e um sitio optimo para ir as compras, com uns artigos locais muito interessantes... Para terem uma ideia, fui com uma maleta e vim com duas...




Percorremos novamente a rua principal da pequena vila a caminho de um restaurante que tinhamos visto perto do cais... E olhem la quem e que encontramos!



Sim senhora, essa g'anda maluca da Kitty-chan! Ela e como o Espirito Santo: esta em todo o lado!

E num par de horas a agua tinha-se ido embora!


Descemos ate a pequena baia e caminhamos em direccao ao torii...






Magnifico, nao acham?
Eu lembro-me de o ver, desde miudo, na Enciclopedia Geografica la de casa. E nao pude ficar indiferente ao facto de estar ali mesmo, ao lado, em frente, debaixo do dito cujo!

Mas a ilha nao se esgota no seu templo, patrimonio da humanidade.
A ilha e muito montanhosa (o que nao e de espantar, ja que o Japao e todo ele montes e vales!) e nos podemos subir ao topo de uma das montanhas. Para la chegar metemo-nos num pequeno autocarro que nos levou ao terminal de um teleferico, depois mudamos para outro e la chegamos!
Acreditem que a coisa nos leva bem alto e bem a pique!




Chegados la, sentimo-nos bem perto dos deuses. Com toda a certeza deve ser isto que eles vislumbram quando olham ca para baixo...



(Gostaram da minha pose a Infante Dom Henrique?)


Na verdade, do ponto onde estavamos, viamos o Inland Sea (mar interior) que fica entre a ilha de Honshu e a pequena ilha de Shikoku. Todo ele polvilhado de pequenas ilhotas. O que nos proporciona um pequeno orgasmo visual...
Lindissimo, la de cima!

E por ali, bem perto dos ditos deuses, ha macacos. A Lauren tinha sido avisada, a saida do teleferico, que nao poderia levar o saco de plastico que tinha com ela, porque os macacos o tentariam levar, pensando ser comida ou coisa do genero...
Vimos tres deles e saquei-lhes esta foto...


...que, como viram, nao resultou muito bem, porque os gajos, assim que me viram, mostraram-me os dentes e comecaram a vir na minha direccao! Ranhosos!
Eu enxotei-os mas os gajos insistiram... Nao deviam gostar de fotografias... Nos afastamo-nos e eles continuaram no nosso encalco... Ja num outro sitio, sentei-me - queria admirar a vista - e um deles ainda me tocou com a mao!!! Acham normal!? Sera que nao gostavam de roxo?!

O que vale e que nem todos eram maluquetes como eles... Na verdade, acho que eram macacos teenager, o que e sempre complicado como toda a gente sabe. Alias, em Portugal alguns deles desatam aos gritos na sala de aula quando a professora lhes toma o telemovel da mao!



Tudo continuava optimo, porem. Nada de nuvens e os deuses continuavam a presentear-nos com um tempo magnifico!
Mas estava chegada a hora de irmos para baixo...





E vimos este sinal engracadissimo junto a paragem do autocarro (que nao apanhamos no sentido descendente, fazendo o caminho a pe pelo meio de arvores e riachos. Muito zen!).
O sinal reza assim: "10 minutos a pe (7 se correr um bocadinho!) para a estacao de teleferico"! Estes japoneses sao uns divertidos, e o que eles sao!


Ainda houve tempo para tirar mais uma fotografia ao torii, com a mare ainda mais vazia...


Voltamos a meter-nos no electricozinho (nao resisti a fazer esta piada velha e gasta!) e fomos ate ao hotel deixar a nossa tralha. Era muita, ela! Mas soube tao bem!

E so no Japao e que o condutor do nosso electrico nos fez adeus quando saimos do dito cujo e atravessamos a rua! Sabe tao bem estar com pessoas simpaticas e kikas!

Como tinhamos comprado um bilhete para o dia inteiro e nao queriamos ainda ir jantar, metemo-nos num outro electrico. Assim que chegaramos a Hiroshima tinhamos visto um electrico com destino a Eba. Nao sabiamos o que la havia, nem nada, mas decidimos que tinhamos que la ir ver as vistas! E fomos...




Nao havia la nada! Mas rimo-nos tanto! Alias, se nos mudarmos um dia para Hiroshima, e em Eba que queremos viver!


Regressamos a cidade na esperanca de ver a A-Bomb Dome iluminada a noite... Mas nao havia luz para ninguem... So a lua cheia no ceu... Mais um presente dos deuses, claro!


Comemos e regressamos ao hotel, sempre a pensar na magnifica Eba. Como na noite anterior vimos um bocado de televisao. Japonesa, esta claro. Mas se acham que a TVI e ma venham ca ver os programas do horario nobre! So nao digam que nao vos avisei!

E assim foi mais um dia nesta aventura em Hiroshima!

4 comentários:

Hydrargirum disse...

O Habibi...partiu-me a rir!!!!

Dava tudo o que tenho e não tenho para poder ver essas coisas que tu vês....é impagável!!!

Maria Manuela disse...

Eu ADORO este teu blogue...

(ainda para mais agora que está com as mesmas cores que o meu!!!)

bjo

João Carvalho disse...

É considerado um dos 3 sítios mais bonitos do Japão!!! YES!!!! Já podes riscar!

Ver Myajima cheia de água de dia é fantástico. Se quiseres eu tenho fotos para a troca de Myajima cheia de àgua mas à noite!

Da Costa de Carvalho dixit

Mari disse...

Oh meu kiko, k sítio tão bonito e tão cheio de história, é bem verdade! Sim, sra, estou orgulhosa da tua contenção em relação à bagagem,lol ;)
Espero que estejas bem e que já tenhas recebido uma coisa minha e da Xanocha(não te digo, caso ainda não tenhas recebido,eheh.
Bjs mil da tua Mari