quarta-feira, novembro 28, 2007

Econtro espiritual

Hoje estava eu todo escarrapachadinho no banco do autocarro quando, na paragem a seguir a minha, entra um grupo de monges shinto. Sobretudo novicos. Isto nao seria nada de extraordinario, mas achei curioso porque eram uma catrefada deles, todos vestidinhos com as suas fatiotas azuis, sapatilhas feitas de qualquer coisa parecida com palha (provavelmente a rama do arroz) e os seus chapelos enormes. Coisas nada praticas para um autocarro japones!
Sairam duas paragens antes da minha. Perfilaram-se todos uns ao lado dos outros quando sairam do autocarro e fizeram uma profunda venia ao outro monge que estava a sua espera.
Ok. Achei demais e tinha que partilhar. E como se o seminario dos Olivais se metesse no 22.

3 comentários:

vanessa disse...

Coisa mais linda e "esotérica"...de facto só nesse país em que tudo é possível..e achei graça a tu reparares logo no pormenor das sapatilhas...tinha de ser, com esse olho de lince a que nos habituaste...
Beijos mil.

fj disse...

so mesmo esta historia dos monges para me fazeres rir.
um abra�o de portugal.

Mari disse...

oh kiko, ou como se os seguidores do professôr Mukambo da Damaia se metessem no 67,mas com a gritaria habitual, claro!LOLOLOL!...
beijos