sábado, fevereiro 28, 2009

De repente

Lembrei-me. Passa agora mais um ano que o Norberto morreu. Nonó como eu às vezes lhe chamava, só porque ele não era nada dado a essas coisas e olhava para mim como que a pensar "oh, oh, este deve estar parvo".


E tanto que eu me lembro dele. Tanto!

5 comentários:

Daniel Silva disse...

Ele continua contigo... E nao deixas de ser parecido com ele...

Maria Manuela disse...

Nem sei o que te diga. Toma lá um beijo grande e um suspiro ainda maior.

Quando voltas ? Gostava de te dar um abraço.

:)

Xanoxa disse...

E nos sonhos? UIIII tanto que nos acompanham... noites seguidas... mas sempre bom... com carinho, coisas boas... paz...

Beijos

Anónimo disse...

Um Senhor o teu avô! :)
Um grande beijinho amigo...
Força por aí Lindo!
Inês

Rui disse...

Ele vai estar sempre contigo. Nunca o irás perder outra vez. As pessoas quando nos deixam, ficam a viver dentro de nós, no nosso coração. Ajudando-nos a tomar decisões e a guiar os nossos passos. Como estrelas que nos mostram o caminho, mesmo nos momentos mais negros. Sempre que pensares no teu avô ele estará vivo. Põe os braços à tua volta, num abraço muito apertado,fecha os olhos e irás conseguir senti-lo. A dor passa com o tempo e transforma-se em saudade...