quarta-feira, fevereiro 11, 2009

O indiano e a Melissa

Hoje foi feriado. Não porque a minha tia e a minha Cláudia Inês fazem anos - não é que não mereçam - mas porque é assinalada a fundação do Japão há muito muito muito tempo atrás. Vai daí, estive sobretudo em casa a vegetar, mas ainda almocei com a Lauren e fiz umas comprinhas mínimas. Depois vêm o que é, embora a maior parte da coisas fosse mesmo comidinha. Aliás, marcharam agora uns filetes bem saborosos! De quê? Não sei... Mas o peixe era branco.

Ontem fui jantar com a Shauna e a Pernais, que há imenso tempo que não a via.




Bom e divertido como sempre. Mas mais divertido ainda foi o caminho que fiz acompanhado com a Shauna, do restaurante para casa da Melissa, que estava a ter uma festinha, uma pequena soireé!
Rimo-nos tanto que até doía. E, digo-vos, as nossas pancadas de riso são cada vez mais frequentes e mais fortes! Eu não sei onde é que isto irá parar!

Mas lá chegámos a casa de Melissa. A festa era a proprósito de nada e havia pequenos shots de gelatina com bebidas. Coisa fino, digo.
Eu toquei á campaínha, mas como não tinha a certeza se seria mesmo ali, corri para trás da Shauna e ela encetou conversa. É o que nos vale. Isso ou o facto de a própria Melissa nos ter aberto a porta!

Mas não pensem que a festa foi só bebidas e muito sexo. Nada disso. Houve momentos de elevada qualidade, como quando, por exemplo, o David e o Stephen falavam desta espécie de xilofone, ou coisa parecida, como se fosse uma coisa a sério. Eram octavas (estou a dizer bem?) para aqui, não sei quantas para acolá, com umas notas pelo meio e outro palavreado que desconheço... Maldita educação musical portuguesa!






E ainda houve outros momentos artísticos, como aquele que trouxe a minha cara, a da Shauna e a do Stephen a uma tela.


Não somos belos? E tudo feito com água. Só com água que depois seca e se vai embora.

E eu ainda mais belo fiquei quando comecei a experimentar os modelitos que a Melissa tem lá por casa...







Não sou o novo Mark Vanderloo!?






E a noite acabou em beleza.


Estava já ensonadito, mas ainda passei pelo PEI para dizer um olá. E também porque eram os anos do Joel e ele merece os parabéns...

Mais um dia, mas uma soireé que eu sou assim!

3 comentários:

Maldonado disse...

Foi um feriado passado em beleza com boa companhia. Ainda bem.

Anónimo disse...

Hum…geli-shots!! Fiz uma passagem de ano assim!! PODEROSA! Ehehe!!
Mark Vanderloo?? Oh lindo, és isso e muito mais! :)
Beijocas e espero que já estejas melhor!
Inês

Daniel Cândido da Silva disse...

eh eh... É deste tipo de posts que eu gosto...