domingo, fevereiro 15, 2009

Dia dos namorados

Ou nem por isso, que é tudo uma treta, seja porque é o comércio que criou a coisa, seja porque fôr, não me interessa. A verdade é que, se se ama alguém, não é preciso esperar por este dia para comemorar esse amor.

Mas deixemo-nos de coisas nhicas, que já não há paciência!

Trabalhei neste dia. Uma coisa que acontece de quando em vez. Mas, que na verdade, foi a última vez que aconteceu. Porque eu quero aproveitar os meus últimos meses nestas terras. Para dormir ou para me meter numa carreira qualquer e ir a sítios!

















Um destes dias, vamos almoçar.

Mas neste dia fui almoçar com a Emily, essa grande querida. Que, seguindo a tradição japonesa do dia dos namorados, me ofereceu chocolate. No white day, daqui a um mês, será a minha vez de lhe devolver o gesto!



E a Melissa também passou por ali.


Como estava um dia absolutamente fantástico - têm estado temperaturas acima dos 20 graus! - fomos até uma praça logo ali. Bordejada com calçada portuguesa. Não há fotos da dita cuja, mas um vídeio absolutamente delicioso de uns velhotes que haviam sido levados até ali para aproveitarem o lindo dia.



E apanhei-os num vídeo porque começámos a pedir que eles cantassem outra vez! Não foram capazes de dizer não a um encore! E nós embevecidos!

Deixei a Emily e a Melissa para trás e fui trabalhar mais um pouco, que a minha vida é assim. E eu tão cansadito e cheio de sono. Mas correu tudo muito bem.
Com a coisa terminada, fui ter com a Shauna. Tinha acabado de acordar de uma sesta de quatro horas, a maluca!


E fomos jantar à Doma Doma.


E estar exposto à Shauna tanto tempo seguido, fez-me ficar assim...


Mas rapidamente me recompus... Porque fomos até ao karaoke. Assim de repente, decidimos que seria uma boa ideia. E mais não digo, porque vos rogo que vejam os vídeos e riam até mais não. Eu ainda me estou a rir!!!

















Já sei que estou gordalhufo - embora tenha perdido uns 4 quilos! - por isso poupem-me esse tipo de comentários, 'tá!?

Vim para casa sem sono, depois de uma bela sessão de karaoke. A Shauna, apesar dos vídeos, nega ter lá estado e ter cantado e dançado e sido louca!

Já hoje, domingo, decidi que vou mandar vir pizza, ficar em casa todo o dia, abrir a janela, que está um belo dia, vou aspirar o chão, que tudo o resto está pipi, e vou vegetar. Só espero que as carrinhas com gentes falantes não voltem a passar por aqui. É que, como estamos em época de eleições não sei bem para quê, e estes tipos não debatem, não distribuem coisas e não colam cartazes nas paredes, andam aos berros pela rua fora! Spare me!

3 comentários:

Pedro F disse...

Ai deus dos ceus...! o karaoke esta demais.... demais para os meus pobres ouvidinhos :) Ha ha ha. Hilariante (sobretudo o pavor que foi I'll Always Love You). Bom trabalho!

Xanoxa disse...

a-migo... tu kk dia tas na Familia Superstar!! e completamente PRO na questão dos karaiokes!! eheheeh
Demais.. simplesmente!

Daniel Silva disse...

Os videos estão deliciosos... lol... estavas a fazer karaoke ou playback? Se era karaoke MESMO, então deixa que te diga uma coisa e muito a sério: num dos videos (nao aquele e que abanas o quiosque (rabo) e a Shauna diz "oh my god" (lol) a sonoridade é tao bom e a VOZ também que tive de estar a ouvir/ver duas vezes. É uma voz sobreposta à tua certo? Sim, também cantas mas nao és so tu ou és? Se és the oscar goes to... ANGELO MANUEL FIGUEIRÓ DOS VINHOS... I'm serious... Olha que te conheço e nao tinhas essa voz...