domingo, maio 27, 2007

A visita do Pascal - Sobretudo em Beppu

Na passda segunda-feira recebi uma visita do outro lado do mundo! O meu amigo Pascal veio de Hamburg, na Alemanha, para me visitar e tirar umas merecidas ferias. Merecidas, como quem diz! Ele e comissario de bordo na Lufthansa, pelo que anda sempre no lareu! Mas tambem sempre a sofrer com o jet-lag!
Mas fiquei muito contente por ele ca vir. Fico sempre feliz quando tenho visitas! E que passeio nos demos!

Logo depois dele chegar a Oita, tivemos que nos por bonitos porque foi a festa de aniversario do Sam. Se e verdade que o Pascal nao pertence ao grupo habitual, tambem e verdade que eu o nao podia deixar sozinho em casa, ainda para mais na sua primeira noite! E la fomos nos jantar, que foi uma maravilha! Nao sem antes eu passar as minhas calcinhas a ferro... Topem-me a minha tabua de passar a ferro, tamanho Faneca!


Depois de nos pormos lindos, alugamos uma bicicleta para o Pascal (ficamos parvos por ser tao barato!) e demos uma volta pela city. E fomos ate ao templo de Kasugamachi. Bem perto da minha casa, mas nunca tinha la ido! E que bela surpresa! Um sitio tao calmo... E belo!





Andamos pelas ruas daquela zona, so para ver como era. E acabamos no restaurante com o resto do pessoal, para celebrar o 48 aniversario do Sam!










Uma bela festa, sim senhor. Eu estava cansado e o Pascal, por razoes obvias, estava exausto! Viemos para casa fazer um o-o retemperador e no dia seguinte embarcamos numa bela aventura: fomos ver os macacos em Takazakiyama e depois continuamos junto ao mar ate Beppu! Pois e, amigos, uns 20 quilometros desde de minha casa, para cada lado! Eu bem que nao queria (ja sabem como sou eu para mexer o cu), mas depois vi que nao era assim tanto e o dia estava optimo e pensei "porque nao!?"! Mas depois ja era ele a dizer que se calhar seria melhor nao... Mas la fomos e foi optimo! Ele so se preocupava com o sol na moleirinha! AH AH!












Quem me dera ter a vida destes tipos: dormir, ser catado e, claro, comer...



A macacada fica a meio caminho de Beppu. Entao, la seguimos pelo passeio juntinho a estrada e a Baia de Beppu (convem dizer que nao e tao bonita como a de Cascais... pelo menos quando se vem as fabricas em Oita!)... Foi muito interessante passarmos por uma parte do passeio onde mal cabia uma bicicleta mas, apesar disso, passavam camioes ao nosso lado. Mas, va la, estao a alargar a estrada e a construir um caminho para bicicletas digno! E la estavam os homens com as bandeirolas brancas e vermelhas que nos indicam se podemos avancar ou nao, dependendo do movimento das obras... Quando crescer quero ser como eles!

Mas la chegamos a Beppu. Fomos ao centro de turismo da estacao (ha sempre la alguem que fala ingles! Ao contrario de Oita...) e metemo-nos a caminho do inferno. Ha tanto tempo que nao ia la fazer uma visitinha. Ca ficam as estografias:



E, de quando em vez, vao aparecer daqueles sinais fantasticos com ingles do bom! Ora leiam la este:






Dali, passamos pelo restaurante indonesio do Harry (que esta de volta a terras indonesias para tratar do seu visto) para almocar. Como sempre, foi optimo.
Mas este passeio nao foi so regabofe e paisagens bonitas. Foi tambem cOltura! Fomos a um museu em Beppu! O museu do sexo! Sim, senhor! Beppu tem um. Se forem sensiveis a estas coisas, paciencia!






E ca esta a maluca da Branca de Neve e os seus Sete Anoes! Eu sempre soube...


ProntoS... O museu foi uma experiencia muito interssante! Alias, ate tinha uma casota com um buraquinho por onde espreitarmos... Primia-se um botao e e uma menina urinava em direccao ao nosso olho (claro que havia um vidro entre nos e a dita urina - agua, claro). Eu nao digo que estes japoneses sao marados!?

A zona em redor do museu e muito bonita, com uma rua pavimentada como deve ser e nao somente com alcatrao chato. E depois ha sinais destes. Va-se la saber o que quererao eles dizer!


Este caminho todo tinha um destino, as minhas onsen favoritas: Hyotan! E, claro, tinhamos que experimentar o banho de areia. O Pascal ainda aguentou um bom bocado, mas eu nao consegui! Os calcanhares ja se me ardiam!




E assim foi o primeiro dia. Como disse, estava um dia excelente e acabamos em minha casa a ver clips da Little Britain... O que nos rimos!

E no meio disto tudo, embora ja nao me lembre bem do dia exacto, aconteceu uma coisa fenomenal: estavamos em frente a loja dos 100 ienes quando uma senhora bem posta se dirige a mim e cumprimenta-me. E eu tambem a reconheci! Como poderia eu nao o fazer?! Pois bem, haviamos nos cruzado na Yoshinoya uns dias antes. Eu sou facil de ver, porque sou diferente deles todos e ela nao passa despercebida porque se veste bem, com estilo e eu, claro, tinha reparado nela! Parece que ganhei uma nova amiga!
Trocamos umas palavritas, meio em ingles, meio em japones, e cada um foi a sua vida!
Extraordinario!

1 comentário:

vanessa disse...

Epa por muitas fotos que tenha visto aqui, pelo pessoal que parece mm ser altamente e tal, pelo banho de areia (que n se inveje ou se repulse lol) o que mais me ficou aqui presoa nas girls dos olhos foi, como é óbvio, a menção ao tamanho da tábua de engomar...ja me tinham associado a mtas coisas (pequenas é claro)mas a tábuas de engomar e aliás terás mm de patentear esse tamanho, que é singular e q devia desde já ser lançado no mercado, lanço já aqui esse repto lol..tamanho Faneca (algures entre o S e o XS..a H & M que se cuide!!). Jinhos XXXXXLLL.