sábado, junho 19, 2010

Ainda daquela coisa nojenta do Toddlers & Tiaras...

Estava aqui a fazer zapping e fui parar a esta programa... Dei com uma mãe, nova e gorda, pois está claro, a segurar um bebé de duas semanas - sim, duas semanas! - vestido com um fato. Estava a concorrer para um prémio de 1000 dólares... E quando "lhe" perguntaram o que mais queria "disse" que era crescer!

Achei isto de uma estupidez e crueldade tamanha para um bebé que nem erecto de aguentava, que tinha a cabeça sempre tombada! E a estronça da mãe comentou a prestação soberba do seu rebento, já que estava acordado e não chorou...

De repente mudou para um outro concorrente, mais velho - para aí um dia ou dois! - e cujo objectivo na vida era ganhar muito, muito dinheiro. Mais uma vez apareceu lá pelas mãos de uma mãe que não tem mais para fazer e quer viver um qualquer sonho pela pessoa que é o seu filho.

O programa é nojento e devia ser banido. Mas os concursos que lhe dão vida deviam ir atrás também. E ums xibatadas àquela gente idiota também não fazia mal nenhum...

9 comentários:

Mike disse...

Nojento é pouco pra adjectivar aquele programa.
Será que não há uma comissão qualquer de protecção de menores lá para aquelas bandas?
É de ficar de boca aberta, quando por acaso encalho no programa a fazer zapping.

Anónimo disse...

http://telemovelgratis.com/index.php?ref=1421

Regista-te aqui, por favor! Podes ganhar telemóveis grátis à tua escolha ;D

ψ Psimento ψ disse...

Concordo contigo. É um assunto que já abordamos várias vezes na faculdade. As expectativas que os pais criam dos filhos são uma grande fonte de frustrações que podem ter grandes reproduções na vida dos mesmos. Criar uma criança não significa que ela vai ser quem nos imaginámos. Cada pessoa tem vontade própria e existem muitos outros factores de desenvolvimento que ninguém pode controlar. Felizmente que algumas pessoas vão pensando por si porque caso contrario seriamos todos Médicos com passagem pelo mudo da moda, católicos, heterossexuais e aspirantes a celebridade. Abraços.

ψ Psimento ψ disse...

Adoro quando oferecem coisas. Também posso dar alguns telemóveis que andam aqui por casa. Não funcionam, mas isso também não faz parte do negócio. :p

Anónimo disse...

Ai homem você é uma seca a queixar-se da vida dos outros, deixem lá eles fazerem o que qerem Pode estar tudo errado, mas para o bem e para o mal eles é que são pais.
Ou é a filha da outra do "achas que sabe dançar" ou estes... Faça os seus filhos e eduque e trate deles como quer, por outras palavras, get a life.

Sofia Feliz disse...

Concordo com tudo o que disseste.
Acho mesmo que aquelas mães são todas umas frustradas - gordas e feias - têm um recalcamento qualquer com a sua aparência, e querem viver coisas que não puderam viver in person projectanto nos filhos.

Simplesmente NOJENTO!

Além de que as miúdas ficam umas fúteis todas armadas em árvores de Natal.

Ritchie disse...

Estou de acordo com ambos. o programa é de tal forma mau que, quando faço um zapingzito, dou por mim a vê-lo para tentar perceber até onde aquilo vai chegar.
Mete nojo e mete dó... claro que elas são umas gordas bardajonas e que só fazem é estar em casa a comer e aos gritos com as filhas para fazerem esta e aquela coreografia com este sorriso e aqueles movimentos clichés bimbos até cair para o lado.
desculpem... mas entusiasmei-me com a coisa. Se alguma vez eu fazia uma coisa do género a um filho meu. Elas fazem aquilo porque os miúdos querem e gostam... helooooo!!! Então porquê as birras e as más vontades?
Ao menos que não os condicionassem e se metessem a fazer os passos e os gestos que eles devem fazer na plateia. Uma manifestação clara de que quem lá queria estar ou queria ter feito o que os miúdos estão a fazer são os próprios pais.
Será que as pessoas não percebem a fantochada, a falsidade e uma falta de naturalidade gritante... enoja-me. Enoja-me, enoja-me, enoja-me

D.er N disse...

Também já vi esse programa e acho que esse tipo de "pageants" são uma autêntica estupidez.
E ainda pior que uma criança de um ou dois dias ter como objectivo na vida ganhar muito, muito dinheiro, é (como já vi) uma miúda com uns 5-6 anos ter como objectivo "casar com um homem rico"... E a mãe muito sorridente e orgulhosa! Só podem ser estúpidas,...

ψ Psimento ψ disse...

Ehehhe “fair enough”. Ponto final mesmo no assunto. Quem manda és mesmo tu. Só perguntei porque aqui aparece que tens zero comentários em todos os teus posts antigos. Um abraço. ;)