sábado, novembro 15, 2008

Pequenas coisas

Como já devem ter reparado, as coisas por aqui têm andado mais sossegaditas. Mas mesmo assim há que contar.

Na quarta e na quinta tivemos uma conferência. Nunca percebi bem para quê que serve, mas uma coisa é certa: vemo-nos todos e isso é sempre bom. E logo na primeira noite um monte de gente passou pelo restaurante indiano e depois alguns de nós fomos até ao karaoke. Desde a mommy e o pappi que não ia lá!





O nosso grupinho era eu mesmo, a Lindsey, a Lauren e o David.

E assim se passou uma horinha no karaoke.

No dia seguinte, o segundo e último dia da coisa, a minha Katy estava lá! Ela trabalhava em Oita quando cheguei. Uma querida. E agora está a trabalhar em Tokyo, mas veio até Oita para falar connosco. E soube muito bem ouvi-la. Até porque com aquele sotaque britânico que ela tem... UI!


Lá dissemos sayonara e cada um foi à sua vidinha.

E, no outro dia, dei com isto.... Sim, lenços de papel pretos!!! Não são fantásticos?


Obviamente que fiquei surpreendido quando os abri... E ainda por cima foram de graça. É que, muitas vezes, há pessoas na rua a distribuí-los. É uma forma fantástica de publicitar seja o que for! É que o panfleto da praxe vai para o caixote do lixo logo a seguir... Já um pacote de lenços...

Já hoje, vinha para casa depois do almoço, quando dou com mais uma orquestra a tocar na rua. Uma orquestra de um liceu da cidade. Mas surpreendeu-me porque notei ali qualquer coisa que muitas vezes falta... Havia um sentimento naquele som, umas ganas diferentes e um maestro a puxar pelo pessoal! Sim senhor!

video

video

Acho que, quando deixar o Japão, vou ter saudades destas coisas assim sem mais nem menos e sem qualquer tipo de intenção. Só porque sim!

E para acabar o dia fui jantar com a Ikuko, com o namorado dela e com a irmã. Um valente okonomiaki que me soube muito bem que estava cheio de fome!

Cá está a Ikuko e o Ben, o namorado canadiano a morar perto de Nagoya.


E e a Mizuko e moi meme.


Depois meti-me na carreira e vim para casa. Está uma noite de chuva... Parece que a estação das chuvas nunca mais acaba este ano...

4 comentários:

Maria Manuela disse...

Já percebi que estás bem....

beijos

Célia Novais Rosado disse...

Oh pá... para tua informação, em Portugal vendem lenços de papel pretos, vermelhos, verdes... nos supermercados. Diz que tá na moda... isso e o papel higiénico colorido também... não vejo nenhuma vantagem na coisa, mas também não vejo inconvinientes!

Jinhos

Anónimo disse...

Sempre em grande!! :)
Beijocas e continua assim!
Inês

vanessa disse...

Ah pois é, eu não conheço a Célia Rosado mas ela está mais que coberta de razão, amore mio, estás muito carencidado de updates da realidade portuga, outro dia nem sabias o que era o Meo e portuga q se preze sabe o que é o Meo (até pq está ligado aos Gatos Fedorentos que continuam 1 fenónemo por cá, pergunta a mamãe q ela diz-te). Ora por cá tb há dessas modernices de lenços, papéis e papelotes coloridos, curiosamente papéis cuja duração e função...enfim...não é sol de longa dura eh eh.
E dp dizes que nunca sais aí, qúe parece mais do que é...nota-se lol.
Beijos millll.