segunda-feira, dezembro 31, 2007

Feliz Ano do Rato

Acabei de vir da minha passagem de ano: bem sossegadinha, ao frio, num templo shinto. Fui la com a Yuriko e foi mais uma optima experiencia, sobretudo quando comecou a nevar pouco depois da meia noite!

A volta do dito templo havia umas barraquitas de comida e outras coisinhas, como ha em qualquer festa de paroquia que se preze...

Esta era a barraquita dos mochi, os bolinhos de arroz amassado que eles tanto gostam e que nao sabem a nada. Mas nao sao maus, nao senhor!


A tradicional barraquita com mascaras avulsas...


A barraquita dos crepes...


A barraquita da batata doce frita...


A barraquita das castanhas assadas doces...


A barraquita dos brinquedos...


A barraquita do milho assado...


A barraquita da bela da lula com molhanga...


A barraquita da carne cheia de gorduraca...


Eu com o meu chapelito maravilha (esta um frio descomunal) a comer uma maca caramelizada!


Outra barraquita com milho assado...


A barraquita do algodao doce...


Havia uma fila enorme para rezar.


A meia noite veio e nem demos por ela. So nos apercebemos da chegada do novo ano quando o padre comecou a tocar o tambor e as pessoas soltaram umas interjeicoes de exclamacao. Nada mais do que isso!


E assim foi. Depois decidimos que era hora de sair dali e voltar para casa...


Passamos por um templo budista e tocamos o sino. Os sinos nos templos so sao tocados precisamente no Ano Novo. E nos nao desperdicamos esta oportunidade!





Tocar um sino e sempre coisa boa.

Paramos num outro templo onde tocamos outro sino...




No edificio do templo la estava a familia do padre (que esta tambem na foto) a dar uma prendinha a quem por la passasse e escrevesse o seu nome depois de rezar a Buda. Tambem tinham uma bebida tipica com algum alcool que cheirava muito bem, mas eu declinei a coisa...

Mas com isto tudo, quero desejar um Bom Ano a toda a gente, ou como dizem os japoneses akemashite omedeto gozaimasu!

E, ja agora, as fotos da Tailandia hao-de vir... Va la, sede pacientes!

4 comentários:

vanessa disse...

Happy New year! Coisa mai linda da minha vida! Aí o ano chegou "mais" cedo eh eh mas p aqui tb já estamos em 2008! Já vi que mais 1 vez começaste o ano que ainda é bebé a fazer que sabes melhor...alegrar os outros com a tua presença...mais regabofe, mais amigos, mais chapéus doidos, mais templos..mais TU e é assim que todos queremos sempre que seja. Feliz Ano 2008. Cuaccss.

Ana Baião disse...

Uma rica maneira de começar o ano.
Um excelente ano do rato e da rata tb.
Feliz Ano Novo.
bjs
Ana Maria

Daniel Pipinho disse...

Já te desejei um bom ano de duas formas mais pessoais, todavia, independentemente de ser o ano da rato, da vaca ou do da geisha (há locais do mundo em que se vai ainda no ano 370 e noutros já no ano 3075 e sabes disso)renovo os meus votos de um bom ano.

Mas não é por isso que escrevo esta msg no blog. É porque a tua comemoração de reveikllon me pareceu fabulosa. Diz lá que nao diferente da gritaria e das passas e dos gritinhos histericos e champanhadas?

Eu adoro esse tipo de reveillon. Nao será um "padre" como dizes, já que é budista, mas seja o que for, achei uma cerimonina bonita, ou mlehor, eu nao estava lá o que quero dizer é que achei uma passagem diferente... O toque dos sinos pareceu-me boa ideia, e até devia ter sido um momento solene...

Que belo momento tocar os sinos para o mundo...

Por cá na televisão houbve o "Diz que é uma espécie de reveillon" com que os Gato Fedorento fizeram a passagem de ano em directo do Pavilhão Atlântico comemorando a passagem de ano de 1984/85... pareciamos nós na QNE com a nossas criatividades e brincadeiras... eh eh...

anos 80, Ângelo "Mnuel" :) foi muito bom... aquele humor inteligente...

Sabes como gosto de passar os fins de ano? Calmamente em família e entre amigos com os velhos jogos de mesa (monopólio, bolsa, etc...) e umas msuicas calmas, filmes... a noite não chega, digo-te já...

Mas o concerto de anovo novo de àustria, foi igualmente soberbo... Já durante o dia 01...

feliz ano... nao do rato ;) mas dos dias felizes e das adversidades inevitáveis mas contornáveis...

Those hugs

Daniel :)

PS. Parece que nao gostaste muito do ficheiro anual da Qne ;)

Anónimo disse...

Querido Angelinho!
Feliz Ano de 2008! feliz ano do rato!
Espero que 2008 te traga muito alegria, sorte, muito amor e... muitas outras coisas.....
" Quando eu for grande não quero ser médico, engenheiro ou professor. Quando eu for grande quero ser um brincador".
Brinca muito e sê feliz. O tabuleiro chegou?
da tua tété bóbó