sexta-feira, janeiro 14, 2011

Notícia arrepiante

Li esta notícia há pouco e até me arrepiei: um rapazola de 13 anos morreu nas cheias em Queensland ao insistir que o seu irmão mais novo e a sua mãe fossem salvos primeiro.

Dá que pensar. Dá que pensar no que o amor por um ente querido nos pode levar a fazer. E isso é lindo. E ao mesmo tempo, e neste caso, muito triste.

Salvé ao Jordan!

3 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

O amor quando total, nao raras vezes é triste. Porque por vezes só nos antípodas da situação se revela no seu máximo expoente. O que o amor pode fazer, tout-court... nao necessariamente por um ente querido, ma o amor universal também tem disto. Faz-me lembrar a mãe que contra todos os conselhos e permiossões dos bombeiros, entra em chamas para salvar o filho...

Hugs

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Relatas bem o sucedido. Mas como se pode entender, perguntas! estas coisas são inentendíveis porque tu mesmo abres a explicação principal "possuído pelo desejo homossexual - e também atraído por ele - , liquidar esse desejo, assassinando o sujeito com quem se relacionara afectivamente e sexualmente".

Mas nao podes esquecer nao ter sidop apenas isso. O desejo de fama e o facto de se entregar a uma homossexualidade contrafeita, nao assumida, nao identificada em si mesmo, despoletada pelo preço da fama (e do dinheiro), aliviaram-no de toda a raiva que, supostamente num acesso psicotico, o fez erradiacr simbolicamente o "mal" que estava subjacente, latente e mal resolvido.

OP que acho lamentavel é como é que as pessoas da terra do jovem modelo, fazem cordões humanos como se fosse ele a vítima...

Daniel Silva (Lobinho) disse...

oopps, sorry. era para postar noutro blog