segunda-feira, julho 31, 2006

NORBERTO

Se o meu avo fosse vivo, faria hoje 78 anos.
Nao e a dor do vazio do seu desaparecimento que toma conta de mim, neste dia. E a admiracao que sinto por este homem que jamais esquecerei. Um homem humilde, honesto, trabalhador e, sobretudo, muito divertido.
Aqui fica um pouco dele, para que todos saibam do meu amor eterno por ele.

If my grandfather was alive, he would turn 78 today.
It's not the pain of the emptiness he left that comes upon me on this day, but the respect I feel for this man who I will never forget. A humble, honest, hard working and, above all, very funny guy.
Here's just a small part of him, so that all the world knows how much I will always love him.


This album is powered by
BubbleShare

Coincidentemente, faz hoje um ano que deixei Portugal para rumar ao Japao... Ele estaria muito orgulhoso!

By the way, it's exactly one year now that I left Portugal to come to Japan... He'd be really proud!

8 comentários:

Tété disse...

Olá miguinho!
O meu avô também fazia anos hoje. Eu, infelizmente, nunca conheci o meu. Mas tenho a certeza que onde quer que eles estejam estão a sorrir para nós.
Beijinhos grandes
Teté

Faneca disse...

Dos posts mais bonitos e sentidos que aqui li..entendo bem o Amor que sentes pelos teus avôs pois, tal como tu, também os meus foram e são os meus segundos pais..especialmente a minha avó..e apesar do trabalho que dão e das preocupações todas, é muito dificil conseguir imaginar a vida sem eles..por isso acho linda esta homenagem e é a prova que as pessoas só desaparecem mesmo de vez quando não são lembradas no coração..e o teu está pleno de memória! Mts beijos.

João Carvalho disse...

Sempre me intrigou aquele teu pedido de dicas tecno-blógicas... Agora percebo (finalmente!) que não podiam ser por um motivo mais nobre...

Já estás ai há 1 ano? Às vezes parece menos... Às vezes parece mais...

Um grande abraço do

da Costa de Carvalho

Harm disse...

I'm sure your grandfather would be very very proud! He would have loved to read about all of your adventures in Japan the same way as I do (although he could actually understand what you're saying).
I'm sure the next year(s) will be as crazy as the first :), as long as you keep blogging about it and posting those pictures it's all good.

All the best!!
The Belgian dude.

Rui disse...

O teu avô sabe quanto tu o admiras e o amas. Daquele sitío especial para onde todos os grandes espirítos vão, depois de se despedirem da humanidade dos corpos e se unem à eternidade, o Norberto vê atravês de ti. Tu nunca o esquecerás, porque isso não é possível. Não te podes esquecer do teu coração, das tuas mãos,da tua cabeça. São coisas que fazem parte de ti e te acompanharam para onde fores. Perdeste o teu avô, mas ganhaste uma estrela para orientar os teus passos. Quando tiveres uma dúvida, pergunta-lhe. Ele deixará a resposta em ti. Um abraço grande.

Anónimo disse...

Nao me ocorrem palavras... apenas te deixo um sorriso :)
Patricia

mari disse...

tu es a maior besta deste mundo... porque poes aqui estas coisas e farto-me de chorar pa...
os nosso avos (e digo nossos porque ja tambem ja perdi os meus) sao umas das estrelas que nos guiam sempre, disso tenho eu a certeza!

mil beijos da tua Maka querido, sinto muito a tua falta, sabes disso :)

Anónimo disse...

Pois é amiguinho, aqueles que mais amamos nunca deviam partir. Sei que ficam para sempre no nosso coração e na nossa memória mas às vezes dá uma VONTADE ENORME DE OS ABRAÇAR. Também eu morro de saudades dos meus avós que faleceram em 2004. Como o tempo voa... E pensar que há já um ano que me casei e que tu partiste para trás do Sol posto... Beijos saudosos da gravidérrima Carlota