sábado, maio 22, 2010

Oceanário

Há doze anos que eu e a minha mãe não íamos ao Oceanário. E o meu pai nunca tinha lá ido. Vai daí, informei-os de que íamos dar um passeio a um sítio. E fomos.



Vêm como até estou magrela?



Só aqui lhes disse onde íamos. Que era para ser surpresa absoluta.




A minha mãe já sabia o que a esperava. Mesmo assim estava muito contente.
O meu pai não sabia exactamente o que esperar, mas assim que lá entrou ficou logo impressionado. Pudera, é o oceanário de Lisboa!






O meu peixinho favorito lá do sítio: o mola-mola. Ou peixe lua!







A Senhora Dona Amália.




Um bacalhau.




Uma garoupa, se bem me lembro.




Dois animais mamíferos com o aquário como pano de fundo.




Saímos de lá maravilhados! Foi mesmo muito bom lá voltar e poder, neste caso, mostrar esta maravilha ao meu pai pela primeira vez!
Prometo que não fico doze anos sem lá voltar!

Já no final do nosso passeio à cidade, passei pelo Starbucks com a minha mãe pela primeira vez. Desta vez, e para meu espanto, havia canecas à fartazana no dito cujo do Chiado. E eu que ainda tenho que gozar a minha bebida gratuita que eles me ofereceram!



4 comentários:

Astrid disse...

lindos... tinha saudades deles... beijos e aproveitem o melhor da vida! ;)

Beijos, flores e estrelas *****

Morgawayne disse...

peixe-lua, ou adoras ou odeias.. n há meio termo.. eu tb fiquei fã! :-)
adoro o oceanario... sabias que o marido da amalia morreu? chamava-se eusebio... tadito, rest in peace..

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Apenas para dizer que as fotos estão muito bem conseguidas. Temos maravilhas num país que maltratamos...

Hugs

Ana disse...

Que incrível esse oceanário hein!Lindíssimo.