terça-feira, maio 04, 2010

Há aqui uma coisa que me está a fazer muita "espécee"...

...agora com esta segunda vaga de nuvens vulcâncias lá dos confins do mundo, torna-se a falar do vulcão islandês a toda a hora. Mas, com tanto tempo de preparação, será que os senhores jornalistas ainda não aprenderam que há mais que um vulcão na Islândia e que, por isso, o dito cujo tem nome próprio?!

Chama-se Eyjafjallajökull. Sim, é difícil para quem não fale aquela língua doida que é o islandês... Mas aqui fica uma ajudinha: [ˈɛɪjaˌfjatlaˌjœkʏtl]

Agora vejam lá se aprendem, 'tá?

Esta conversa seria o equivalente a referir a Cova da Moura dizendo the Portuguese shanty town...

3 comentários:

ArtByJoão disse...

Há cerca de 2 anos passei quinze dias na Islândia e orientei-me perfeitamente dizendo «Venho de Ypsblábláblá e quero ir para Fhugybláblá»... Havia ainda algumas variações no grupo do género «Gostei mais da cascata de Yuin-coiso-e-tal do que do glacial XispêtêoJokul»... Entendíamo-nos todos os 7 perfeitamente... :) Deixa lá os senhores jornalistas e rezemos é para que não hjam mais vulcões a entrar em erupção porque se isso acontecer então é que vamos ter problemas linguísticos, lololol

Da Costa De Carvalho dixit

pinguim disse...

É "facilissimo", eheheh...

Filipe M. disse...

Não foi muito esclarecedor. Devia haver uma equipa de reportagens a perguntar às velhotas de loures como se diz o nome do vulcão, tenho a certeza que o resultado final seria brilhante.

Não fossem elas dizer palavras como: alfaiças, hameletas e afins ;)