quinta-feira, abril 21, 2011

O país que temos

Eu não sou muito de mandar bitates para o ar sobre o país - ou até sobre outras coisas. Quando tenho uma opinião, expresso-a e tento fundamentá-la, mas hoje estou mesmo passado dos carretos. Então o país, no estado em que está, ainda se permite dar tolerância de ponto seja a quem fôr?! Mas que conversa é esta?! Que mentalidade é esta do facilitismo e do deixa-andar?! Isto é repudiante!

Eu já há muito tempo que sou da opinião que o Estado não deve dar tolerância de ponto. Quem não quiser ir trabalhar, tire férias, que é o que eu faço. 
E só vos digo: a continuar esta mentalidade idiota, o FMI bem que pode vir para cá pregar o que quiser. Daqui a meia dúzia de anos estão de volta!

1 comentário:

Antonio Rebordao disse...

Sem dúvida caro amigo. A decisão de dar tolerância de ponto para a tarde de hoje é contraditória com a situação económica do pais. Abraços.