segunda-feira, dezembro 26, 2005

E Natal! E Natal! Tra la la la la!





Estes ultimos dias tenho andado assoberbadissimo! A minha vida social nao tem parado! E sempre a bombar!

Mas antes de explicar as fotos, queria explicar como e o Natal celebrado no Japao.
Como nao e um pais catolico (Gracas a Deus), nao ha o sentido de celebracao natalicia que ha em Portugal, por exemplo. Mas como bons consumistas que os japoneses sao, nao desperdicam uma oportunidade para ir as compras e tudo mais. Na verdade, o Natal e uma especie de Dia de Sao Valentim, quando os casais saem e vao ao cinema, almocar, jantar, estar juntos. Nem sequer ha uma grande tendencia para a troca de prendas. Essas ficam mais para o Ano Novo, quando vao aos templos e estao com a familia.
O Natal e tambem a altura das enkai, ou seja, as festas, seja de trabalho, seja entre amigos. E - acho que ja referi isto - normalmente paga-se um tanto por cabeca e bebe-se e come-se ate cair para o lado durante umas duas horas... Para alguns de voces, sera o paraiso quando me vierem visitar!
Mas voltemos ao espirito natalicio... Nao ha grandes decoracoes ou arvores de Natal gigantes por aqui, mas em todo o lado ha pais natal e renas e prendas e arvores de Natal e essas coisas assim. Curiosamente, nem se fala do Menino Jesus ou coisas do genero (muito embora eu tenha falado sobre o Natal do ponto de vista catolico em algumas das minhas aulas).

Mas vamos la as fotografias!

As primeiras sao de um almoco que tive com a Mary, a Danny, a Chewy e o namorado Lee (nao me perguntem o nome chines dele que eu nunca o decorei), que esteve ca por quase um mes.
Como a Mary e a Danny, entre muitas outras pessoas, iam para a Tailandia passar as festas, decidimos ir almocar e trocar uns presentinhos, tipo sorteio. Andavamos a procura de um restaurante japones e entramos num coreano... Enfim... Can't tell the difference!
A mim calhou-me uma banana enorme tipo anti-stress. Como e amarela, esta na cozinha que e para condizer com as cortinas.
Ah, ja me esquecia, a Mary recebeu um pato dentro do qual se poem lencos...

As seguintes sao precisamente da enkai que tive com a escola onde passo mais tempo, Joto Chugakko. Fui convidado um pouco em cima da hora e ja me tinha comprometido a ir a festa do governo municipal (a minha entidade empregadora), mas decidi ir mesmo a de Joto. O pessoal sempre fui muito simpatico para mim e tudo mais, mas sempre os achei bastante rigidos para com os alunos e muito formais entre esles mesmos, por isso queria ver como seriam os professores e demais pessoal depois de umas quntas cervejas. E. alem disto, a minha supervisora, Sakura-sensei (a de cabelos mais compridos da festa), demitiu-se e ja nao vai leccionar no proximo semestre, porque quer ir estudar medicina, alem de querer estar mais perto do filho, que e ligeiramente autista, do marido, que teve uma especie de embolia ha um quanto tempo e esteve e ainda esta muito proximo de morrer e da mae. Enfim, nao e uma historia facil! E creio que cometi uama pequena gaffe, quando fotografei a mesma senhora a ser atirada ao ar pelo pessoal... e que ela estava de mini saia... Mas como podem ver, dela so se ve o pe!
Seja como for, la fui e diverti-me bastante! Falei com professores com quem nunca tinha falado, falei ainda mais com alguns com quem falo bastante e depois houve um pequeno jogo sobre as dez mais importantes noticias de Joto, uma delas sendo moi meme! Eh, eh! Ate fiz um pequeno discurso a pedido da plateia!
Mas, para mim, um dos momentos mais importantes do jantar (que saiu a 10000 ienes por pessoa, embora eu so tenha pago metade porque o presidente e o vice-presidente da escola pagaram a minha outra metade - mais uma agradavel surpresa!) foi o fugu. Sim. Aquele peixe que se nao for cortado como deve ser nos pode deixar paralisados ou levar a morte. Devo confessar que estava um pouco nervoso, mas la ataquei o peixe, cru e fatiado finamente. Pensei que ia ser a sensacao do ano, mas afinal foi so mais um peixe cru que provei... Alias, bem pior reaccao tive quando provei a primeira coisa do menu (primeira foto da comida)... Parecia cerebro de algum animal, mas todos me diziam que nao era cerebro nenhum. Mas as pessoas que estavam perto de mim nao dominavam o ingles por isso tive que perguntar a uma das profs, embora soubesse, entao, que se tratava de peixe.. A resposta foi "I can't say!" ("nao posso dizer!") e eu disse logo "But I need to know what I'm eating!" ("mas eu preciso de saber o que estou a comer!") e ela la retorquiu "Ahhhh... It's the symbol of man!" ("Ahhh... E o simbolo do homem!"). Bem... Nao era a pilinha do dito cujo, porque nao me parece que os peixes a tenham, por isso conclui que seria algo parecido a testiculos de peixe!!!!!!!!!! Provei dois ou tres pedacos. O sabor nao era nada por ai alem, mas a textura era esquisita: comecava por ser duro e, depois de se mastigar, acabava por ser quase liquefeito, tipo lama... Mais uma experiencia in extremis no Japao!
A festa la acabou e eu fui ate ao bar do costume por um bocadinho e vim para casa. Tudo isto no dia 22!

No dia 23 tinha mais uma enkai, mas decidi nao ir e ir com o Peter e a sua namorada Kaori ver o fogo de artificio em Beppu (a 10 minutos de comboio). Embora acabasse por chover (e bem), o espectaculo foi mesmo um espectaculo. Durou uns 45 minutos e tinha desde musica de Natal a musicas menos natalicias. E o fogo "dancava" ao som da musica! Valeu mesmo a pena!
Numa das fotos ve-se o Peter a posar com a mala da Kaori... Na verdade, e muito comum verem-se os namorados a levar a mala da namorada, sobretudo, na mao! EH EH!
E perguntar-me-ao voces porque raio estou a posar com uma embalagem de ketchup!? Pois bem... O Japao e prodigo no (muito) mau ingles... E naquela embalagem dizia assim: "stylish and clean" ("com estilo e limpo"). Eu nao digo mais nada!

A Rhea tinha comentado comigo que estava a stressar porque temia passar o Natal sozinha. Por isso, combinamos fazer coisas juntos e a Yuriko juntou-se a nos! E, assim, no dia 24, vepera de Natal, fomos ao cinema ver Mr. e Ms. Smith. Interessante, mas nada de mais. Demos umas voltas pelo centro comercial, jantamos num restaurante italiano e comemos ate cair para o lado. Aqui ha muitas coisas tipo set, ou seja, paga-se um x pela refeicao e escolhem-se os pratos de entre um cojunto deles. Eu pedi Spaghetti a carbonara com camarao. AIIII! Uma maravilha! E depois vieram aquelas duas bolas super enormes de gelado... Uma de baunilha, outra de laranja... Nem as consegui comer!
Depois disto, rumamos ao karaoke, onde cantamos e dancamos por duas horas e acabamos em casa da Rhea na conversa por um bocadinho.E a minha Tete ligou-me! Coisa mai' linda! Depois eu e a Yuriko fomos a Don Quijote, uma loja que so visto! Ela nunca la tinha ido, e esta loja e um marco a visitar! Acabei por me deiatr quase as 2 da manha!
Foi OPTIMO! E, claro, a vespera de Natal mais originalque ja tive! E, mesmo estando longe, liguei aos meus pais e disse-lhes para abrirem as prendas enquanto falavam comigo! A Miquelina so me dizia "Mas ainda nao sao horas de abrir as prendas!". Parece-me que gostaram do que enviei e isso e que e importante!

O dia 25 foi mais um dia de festa e de muita comida... Depois admirem-se com o facto de eu estar uma baleia!
A primeira festa foi em casa da Tomiko e do Mike. Cada um levava comida ou bebida. O resultado foi haver coisas desde a sopa chinesa da Chewy, aos dumplings de batata da Ucrania levados pelo Peter, as bolachas de gengibre suecas levadas por mim, ao sashimi japones! Enfim... Um dia de Natal muito internacional!
Neste almoco, tambem houve troca de prendas. E a mim calhou-me uma embalagem de Oreo e umas coisas secas que nem sequer provei... Eh eh! 'Ta-se bem!
E ja me esquecia de dizer, mas a Heather, a namorada do Ronnan, chegou no dia 19 e ja fez parte de todas estas celebracoes... Mas ta adoentada com febre...
A segunda festa foi em casa da Judy - na verdade, Yueyuan Xu (ela e chinesa, de Shangai) - e do Hiro, o seu marido japones!
Fui com a Rhea ate la. Ela estava a cozinhar e cheirava tao bem! Por fim, chegou o Achan e a linda Yoko. E o ramalhete estava composto. Comemos imenso. Desde uma sopa com arroz e galinha, ate dumplings de legumes e pizza. Enfim... Eu que nem me estava a sentir muito bem, com dor de cabela e tudo, comecei a sentir-me optimo. E para encurtar a coisa, acabamos os seis a dancar Madonna, Abba, Cher, Gloria Estefan. Pela primeira vez, vi japoneses a dancar muisca pop! E conheci a primeira mulher que trabalha na construcao civil, e ainda por cima uma japonesa: a Yoko!
Foi divertidissimo e suei que me fartei! Depois vim a pe ate casa - uns quinze minutos - sempre sem medo de estar completamente sozinho na rua ou no escuro. E a seguranca do Japao.
Mas, para mim, o meu Natal so terminou quando cheguei a casa e liguei para casa dos meus tios, onde eu sabia que iam estar os meus pais e a Miquelina. Ligamos os MSN e vimo-nos todos! Uma maravilha!

6 comentários:

Mari disse...

KIKINHO
ainda bem k te divertiste no Natal (de facto original) mesmo longe, mas acho k sim, há k aproveitar tudo da melhor maneira possível.
Espero k tenhas gostado do meu postalito!! Eu não disse mas adorei o teu (principalmente do meu nome em japonês) :)e fiz questão de transmitir o teu recado a todos quanto vi!

Vai dando noticias, k eu e todos ansiamos sempre por elas

beijo enorme da tua
Mari xxx

Pedro F Marcelino disse...

oh. sinto-me intrujado.
não acredito que não tenhas traduzido este texto p/ inglês...! é TÃO PEQUENO!!!!

Feliz Natal & bom Ano nuevo!

Daniel disse...

Nao é um país católico, GRAÇAS A DEUS? You slut...

Independentemente das crenças o Natal tem por natureza CRisto, e nao o Xi Xo Xun ou a Marialva da esquina. Pode nao se crer, mas celebra-se o nascimento de Cristo, whether we like it or not...

E apesar de tudo ainda ha muito espirito cristão e nao é a loucura das compras que conta (falo por mim e mais muito boa gente) como dizes que é aí, mas o sentido nobre e belo da partilha...

Por menos que queira, celebrar o Natal, apesar de ser agora um brinde ao consumismo, nao deixa de ser celebrar CRisto... Sorry pal... Esse teu anti-cristianismo (que nao catolicismo, necessariamente como referes) ainda te há-de matar ;)

Vá! Porta-te bem...

Pipe

Anónimo disse...

Mas o k é essa coisa dos dois dedos nas fotos? Hum?!! È um bocado ripi titi vo. Agora k (finalmente) consegui vir ao teu blog (pk a mari me ajudou, senão...) estou completamente addicted. ADORO ver-te!! Adoro saber k comes tudo!! Só gostava de saber de outras cumidas. Bion anio niovio, bieibi
Hasta la vista ke me boi a marchar por la calle de la carretera. E TUDO E TUDO.

Anónimo disse...

Pois ainda te falta receber a última e derradeira prenda de natal. Aquela que vai deixar o japão com uma enorme dor de cotovelo, que vai fazer saltar as cascas do arroz, que vai parar todas as tempestades e furacões e... que é o máximo. Até logo jinhos mel

Patricia disse...

A olhar pelas fotos e pelo que descreves, parece que estou a ver um filme! Sem dúivida q este foi um Natal diferente... beijoca